Publicado 10 de Setembro de 2015 - 15h25

Por Alenita de Jesus

Campinas

Um rapaz de 28 anos morreu atropelado ao atravessar a Rodovia Professor Zeferino Vaz, na altura do Jardim Santa Genebra, em Campinas, anteontem à noite. Segundo a polícia, Paulo Marcos da Silva foi atingindo por um motorista que fugiu do local. A tragédia foi na altura do km 138 800 por volta das 21h30.

Um casal foi preso em Caminhas após roubar um Audi A3 de uma cabeleireira de 30 anos, em Vinhedo, anteontem à noite. A dupla estava com uma pistola de brinquedo. Eles foram pegos pela Polícia Militar (PM) após denúncias pelo Copom. O carro foi roubado quando a vítima o guardava na garagem de sua casa.

A PM capturou na tarde de ontem, no bairro Campo Belo 1, Júlio César Ferreira de Oliveira, de 41 anos, procurado por roubo. Ele foi detido quando estava em um carro com dois homens. Com o trio nada de ilícito foi achado, mas ao pesquisar pelos nomes foi constatado que Oliveira era foragido.

Um rapaz de 29 anos foi esfaqueado ontem à tarde no DIC 1, em Campinas. Segundo a polícia, o homem foi deixado em estado grave, por um desconhecido no Pronto-Socorro Ouro Verde. A Polícia Militar (PM) não soube informar o motivo da agressão.

Nova Odessa

O comerciante Paulo César de Lima, de 22 anos, foi morto a tiros em um bar no residencial Klavin, em Nova Odessa, anteontem à noite. A vítima foi socorrida no Hospital Municipal Acílio Carreon Garcia, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a polícia, testemunhas relataram que um homem encapuzado entrou no bar, que fica na Rua Olívio Belinatti e disparou ao menos seis vezes na direção da vítima. Depois fugiu em direção a um matagal.

Indaiatuba

Um falso explosivo foi encontrado por moradores do bairro Morada do Sol, em Indaiatuba, ontem de manhã. O artefato estava em uma sarjeta na Rua Oscar Ribeiro. A PM e a GM foram acionados e um quarteirão inteiro precisou ser interditado. A Guarda foi chamada por volta das 9h40 pelos moradores, que tiveram que sair de suas casas. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado para retirar o explosivo, mas por volta das 12h um policial avaliou que o artefato não apresentava risco de explodir e dispensou o Gate. O falso dinamite foi retirado, sem a necessidade de explosão. O local foi liberado por volta das 13h.

Escrito por:

Alenita de Jesus