Publicado 07 de Setembro de 2015 - 20h12

Por Inaê Miranda

A Campanha de vacinação contra a paralisia infantil foi prorrogada até a próxima quinta-feira (10). A expectativa é imunizar, pelo menos, 57.000 crianças entre seis meses e cinco anos incompletos, o que representa 95% do público-alvo, formado por 60.654. De acordo com o último balanço, cerca de 70% das crianças nesta faixa etária, o correspondente a 42.749, já haviam sido vacinadas, segundo balanço do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), da Secretaria de Saúde de Campinas. A Secretaria de Saúde alerta que mesmo aquelas crianças que já tenham completado o esquema vacinal contra a poliomielite e que estejam dentro da idade indicada devem ser imunizados. Neste caso, a dose servirá como reforço na proteção. Basta que os pais ou responsáveis se dirijam a um posto de saúde. A orientação é que os pais e responsáveis, apresentem a caderneta ao profissional de saúde para que avalie a necessidade de conduzir corretamente outras vacinas. Também serão disponibilizadas vacinas contra tuberculose, caxumba, sarampo, rubéola, coqueluche, rotavírus, varicela, meningites, febre amarela, hepatites, difteria, tétano. Segundo os dados do Ministério da Saúde (OMS), 10 países registraram casos de poliomielite em 2013 e 2014. Apesar do Brasil estar livre da doença há mais de 20 anos, o esquema de vacinação é a única forma de prevenção da doença.

Escrito por:

Inaê Miranda