Publicado 04 de Setembro de 2015 - 20h39

Por Agência Estado

Dudu foi alvo de disputa envolvendo o 'trio de ferro' e o Palmeiras levou a melhor ao ficar com o atacante

Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Dudu foi alvo de disputa envolvendo o 'trio de ferro' e o Palmeiras levou a melhor ao ficar com o atacante

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) confirmou para a próxima quinta-feira, dia 10 de setembro, o novo julgamento do atacante Dudu, do Palmeiras. Mesmo com a nova data, o jogador estará em campo, neste domingo (6), para enfrentar o Corinthians, no estádio Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Um efeito suspensivo conseguido pelos advogados libera o atleta para atuar até a decisão em última instância.

Uma eventual decisão desfavorável pode interromper a boa fase do atacante. Nos últimos jogos, ele vem fazendo boa parceria com Gabriel Jesus. Os dois foram responsáveis pelos seis gols que a equipe marcou nos últimos três jogos.

Dudu foi denunciado por agressão ao árbitro Guilherme Ceretta de Lima na final do Campeonato Paulista, contra o Santos, na Vila Belmiro, em maio. Depois de receber o cartão vermelho, o atleta deu um empurrão nas costas do juiz.

Denunciado no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, Dudu foi punido com 180 dias. Nos outros dois julgamentos, o departamento jurídico do Palmeiras tentou desqualificar a denúncia para "ato hostil". Caso o atacante fosse julgado em outro artigo, a punição seria revertida para o número de jogos e seria cumprida somente no Campeonato Paulista do ano que vem.

Escrito por:

Agência Estado