Publicado 10 de Setembro de 2015 - 5h30

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse ontem, em

um evento em São Paulo, que o aumento de impostos é a única saída para que o Brasil não mergulhe numa recessão ainda maior. O medo dele era perder o grau de investimento, o que acabou acontecendo no fim do dia. Levy citou algumas saídas, mas não falou abertamente sobre o Imposto de Renda. Para os presentes, empresários e prefeitos, Levy desempenhou um papel que deveria ser da presidente Dilma Rousseff — justificar possíveis reajustes.