Publicado 08 de Setembro de 2015 - 5h30

A campanha de vacinação contra a paralisia infantil foi prorrogada até a próxima quinta-feira. A expectativa é imunizar, pelo menos, 57 mil crianças entre 6 meses e 5 anos incompletos, o que representa 95% do público-alvo, que é de 60.654. De acordo com o último balanço, cerca de 70% das crianças nesta faixa etária, o correspondente a 42.749, já tinham sido vacinadas, segundo o Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa), da Secretaria de Saúde de Campinas.

A Secretaria de Saúde alerta que mesmo aquelas crianças que já tenham completado o esquema vacinal contra a poliomielite e que estejam dentro da idade indicada devem ser imunizados. Neste caso, a dose servirá como reforço na proteção. Basta que os pais ou responsáveis se dirijam a um posto de saúde até a próxiam quinta-feira.

A orientação é que os pais e responsáveis, apresentem a caderneta ao profissional de saúde para que avalie a necessidade de conduzir corretamente outras vacinas. Também serão disponibilizadas vacinas contra tuberculose, caxumba, sarampo, rubéola, coqueluche, rotavírus, varicela, meningites, febre amarela, hepatites, difteria e tétano.

Segundo os dados do Ministério da Saúde (OMS), 10 países registraram casos de poliomielite em 2013 e 2014. Apesar deo Brasil estar livre da doença há mais de 20 anos, o esquema de vacinação é a única forma de prevenção. (Inaê Miranda/Da Agência Anhanguera)