Publicado 05 de Setembro de 2015 - 5h30

Depois de uma semana de calor intenso em pleno Inverno, a chegada de uma frente fria aumentou a nebulosidade em Campinas ontem, reduziu a temperatura e trouxe chuviscos no início da noite. Apesar disso, as chances de chuva sugnificativa continuam baixas nos próximos dias. Hoje, segundo a meteorologista Ana Ávila, do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri), da Universidade Estadual de Campinas (da Unicamp), a temperatura máxima deve chegar a 26°C e a mínima a 14°C.

O feriado prolongado da Independência deve ser marcado pelo sol forte e chuvas isoladas. O calor aumenta no domingo — a temperatura máxima pode chegar a 30°C e a mínima a 15°C — e crescem as chances de pancadas no fim da tarde.

A segunda-feira, prevê a meteorologia, também será um dia quente, com máxima prevista de 32°C. Neste dia, explica, o aumento da temperatura elevará ainda mais as chances de chuvas isoladas. A previsão, no entanto, é de que precipitações fortes só devem acontecer a partir da próxima terça-feira, com a chegada de uma intensa frente fria, e pode chover durante o resto da semana, até a próxima sexta-feira.

Ontem, a temperatura máxima na cidade foi de 26,8°C, às 12h40, e a mínima, de 15,5°C, foi registrada às 4h10, segundo o Cepagri. Com a frente fria, a umidade relativa do ar, que atingiu a mínima de 29,4% na quinta-feira, subiu para mínima de 44,7% às 12h40 de ontem e chegou aos 71,7% no início da noite. Os ventos atingiram 64,6 quilômetros por hora às 14h50.