Publicado 11 de Setembro de 2015 - 5h30

A chuva realmente resolveu dar as caras de vez em Nova York ontem. Depois de nove dias com muito sol e calor, sem qualquer interrupção, o tempo fechado apareceu na cidade norte-americana para atrapalhar a programação do US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada. Na quarta-feira, a partida entre a bielo-russa Victoria Azarenka e a romena Simona Halep, pelas quartas de final, foi paralisada por uma hora e meia. Ontem, nada de tênis na disputa das semifinais da chave de simples feminina.

Inicialmente marcadas para ontem, a partir das 20h (de Brasília), as partidas entre a norte-americana Serena Williams contra a italiana Roberta Vinci e entre a italiana Flavia Pennetta contra Simona Halep, nesta ordem, acontecerão somente hoje, a partir das 12h (11h, no horário local).

A chuva ontem era esperada no período da noite, justamente quando seriam disputadas as semifinais femininas. Por precaução, a organização do US Open resolveu adiar as partidas no meio da tarde para não haver confusão e desgaste físico das atletas.

Além disso, as partidas semifinais da chave masculina também foram afetadas. Inicialmente marcadas para o início da tarde de hoje, agora elas começarão não antes das 16h (de Brasília). Nesta fase, o atual campeão, o croata Marin Cilic encara o sérvio Novak Djokovic e na sequência haverá o duelo suíço entre Stanislas Wawrinka e Roger Federer.

Mas o torcedor que foi ao complexo de Flushing Meadows, ontem pôde ver ao menos um pouco de tênis. À tarde, aconteceram jogos pela chave de duplas masculinas (as duas semifinais) e pela chave juvenil. (Da Agência Estado)