Publicado 09 de Setembro de 2015 - 5h30

Marin Cilic buscou a primeira vaga nas semifinais do US Open após dura batalha contra Jo-Wilfried Tsonga ontem. Atual campeão, o croata abriu 2 sets a 0, mas cedeu o empate ao francês, que salvou ainda quatro match points antes de ser eliminado por 3 a 2 — com parciais de 6/4, 6/4, 3/6, 6/7 (3/7) e 6/4, em 3 horas e 58 minutos de confronto.

Para seguir sonhando com o bicampeonato, Cilic precisou superar os fortes golpes de Tsonga do fundo de quadra e a própria oscilação. Nos dois primeiros sets, o croata dominou com seu potente saque — que renderia 29 aces em toda a partida, contra 15 do francês — e os seguidos erros do rival.

Mas Cilic caiu de rendimento no terceiro set. Aparentando cansaço, mostrava afobação na definição dos pontos. Para piorar, Tsonga se mostrava mais concentrado. Após cometer 11 erros não forçados no primeiro e no segundo set, o francês falhou apenas sete vezes no terceiro e diminuiu a vantagem do adversário no placar.

Passado o susto, Cilic voltou para o jogo no quarto set, o mais equilibrado do confronto. Não houve break points em toda a parcial, definida no tie-break. Antes disso, porém, Tsonga precisou salvar três match points, todos em seu saque. Nos pontos mais importantes, ele fez a diferença e forçou a disputa do quinto set.

A última parcial teve menos sofrimento para o croata. Ele obteve uma quebra de saque logo no início e administrou a vantagem até fechar no décimo game, não antes sem desperdiçar o quarto match point, em dupla falta. Na chance seguinte, não hesitou. Com o resultado, Cilic acumulou a 12 vitória seguida no US Open.

A italiana Roberta Vinci levou 15 anos, mas alcançou as semifinais do US Open pela primeira vez na carreira . A veterana de 32 anos, que estreou na competição em 2001, derrotou a francesa Kristina Mladenovic por 2 sets a 1 — com parciais de 6/3, 5/7 e 6/4. (AE)