Publicado 07 de Setembro de 2015 - 5h30

O Guarani vai torcer como nunca por um empate na partida entre Portuguesa e Juventude, hoje, às 20h30, no Canindé, pela 15ª rodada da Série C do Brasileiro. Como não foi além da igualdade sem gols com o Madureira, sábado, no Rio de Janeiro, o Bugre desperdiçou a chance de encostar no G4 do Grupo B e agora não quer seus concorrentes disparando na frente.

O empate é considerado o resultado perfeito para as pretensões alviverdes. Em sexto lugar com 20 pontos, o Bugre tem dois a menos que o Juventude, que abre o G4, e um a menos que a Portuguesa, a 5 colocada. Se ninguém vencer no Canindé, a distância para o grupo dos classificados se manterá em três pontos.

No entanto, se os gaúchos vencerem chegarão aos 25 e praticamente de livram da concorrência com o Bugre a três rodadas do fim. Por outro lado, um resultado positivo da Lusa também poderá prejudicar o time do Brinco de Ouro, que ficaria quatro pontos atrás do concorrente, sem possibilidade de reverter o quadro no confronto direto marcado para a 16ª rodada.

Após pegar a Lusa, segunda que vem, no Brinco, ainda restarão duas partidas, contra Brasil-RS, em Pelotas, e o Caxias, no Brinco, para tirar a diferença. Isso, considerando que o Guarani vença todos seus adversários na reta final.

Derbinho

O Guarani venceu a Ponte Preta por 2 a 1, sábado à tarde, no Estádio Luis Perissinotto, em Paulínia, pela 14ª rodada da fase de classificação do Campeonato Paulista Sub-20. O Bugrinho, que é dirigido pelo campeão brasileiro Renato, chegou aos 28 pontos e continua na terceira posição. A partida marcou a estreia do técnico Claudinho, no lugar de Jorge Parraga, que foi demitido pela Ponte. Com 23 pontos, a Macaca segue em quarto. O Ituano lidera com 31 e o Mogi Mirim vem logo atrás com 30 pontos. (Paulo Santana/AAN)