Publicado 07 de Setembro de 2015 - 5h30

Com gol irregular, o Flamengo venceu o Fluminense por 3 a 1, ontem, no Maracanã, pela 23 rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe rubro-negra fez boa partida e pressionou o rival desde o início. Sem Fred e Ronaldinho Gaúcho, o time tricolor das Laranjeiras teve dificuldades para criar jogadas e esbarrou na marcação do adversário.

Com o resultado, o Flamengo chegou aos 35 pontos e ficou mais perto do G4 — a zona de classificação para a Copa Libertadores. Já o rival tricolor, que vem caindo na tabela, ficou com os mesmos 33 pontos.

O time rubro-negro começou melhor, criando mais oportunidades de gol e pressionando muito o Fluminense. Aos 2’, Wallace cabeceou após cruzamento de Everton e Diego Cavalieri realizou grande defesa. No rebote, Gum cortou mal e Kayke finalizou com força: o goleiro tricolor salvou novamente. Aos 7’, Everton fez bom cruzamento na área e Emerson chegou batendo de primeira, sendo travado por Wellington Silva.

Aos 9’, Alan Patrick cobrou escanteio e Wallace, com o braço, amorteceu para Emerson Sheik chutar forte para o gol e abrir o placar. Os jogadores do Fluminense reclamaram muito da jogada. O árbitro chegou a hesitar, mas optou por marcar o gol flamenguista. Aos 14’, Kayke recebeu bela enfiada de Pará e, de carrinho, finalizou bem deslocando o goleiro Diego Cavalieri. Era o segundo do Fla.

O técnico Enderson Moreira trocou Pierre por Marcos Júnior na segunda etapa e o time do Fluminense ficou mais ofensivo. Aos 11’, Marcos Junior levantou na área, Samir agarrou Michael e o árbitro marcou pênalti. Jean bateu e fez o primeiro do Flu. Mas em nova pressão rubro-negra, Kayke recebeu livre dentro da área, cruzou, a bola foi cortada e voltou para o atacante. Em novo cruzamento, aos 23’, encontrou Paulinho livre dentro da pequena área e o camisa 26 fez o terceiro gol do Flamengo.

No fim, o Flu perdeu boa chance. Everton derrubou Cícero na linha da grande área e foi expulso. O meia mesmo cobrou a falta no canto esquerdo de Paulo Victor, que fez a defesa. (Da Agência Estado)

FLUMINENSE

Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Henrique e Scarpa; Jean, Pierre (Marcos Júnior), Douglas e Cícero; Osvaldo (Gerson) e Michael (W. Paulista). Técnico: Enderson Moreira.