Publicado 06 de Setembro de 2015 - 5h30

Fluminense e Flamengo protagonizam um duelo com jeito de final de campeonato hoje, no Maracanã, às 16h. O time tricolor, com 33 pontos, e o rubro-negro, com 32, fazem uma disputa direta para se aproximar do G4.

Embalado por três vitórias nas últimas três partidas, o Flamengo precisa vencer para consolidar o sonho de se incluir entre os melhores do campeonato. O clube tricolor das Laranjeiras vem de três derrotas e quer a vitória para afastar a má fase e voltar a figurar entre os quatro maiores do Brasileirão.

O torcedor se animou com a importância do jogo e o Maracanã deve estar quase lotado. Segundo o consórcio que administra o estádio, mais de 32 mil ingressos haviam sido vendidos até a tarde de sexta.

A história do clássico é quase tão extensa quanto à do futebol no Brasil. No Brasileirão, foram 54 jogos: 21 vitórias do Fluminense, 18 do Flamengo e 15 empates. No último confronto, pelo primeiro turno do Brasileirão, o time tricolor levou a melhor e venceu o rival por 3 a 2, no Maracanã.

O técnico rubro-negro, Oswaldo Oliveira, apesar da boa fase pela qual que o time passa, pregou cautela. O Flamengo seguirá sem Ederson e Paolo Guerrero. A única alteração para o time que foi a campo na última rodada deve ser o retorno do lateral-direito Pará, que volta de suspensão, no lugar de Ayrton.

O técnico Enderson Moreira realizou treinamento com portões fechados na sexta-feira. O Fluminense deve contar com o retorno de Ronaldinho Gaúcho. A dúvida é a possível volta do capitão Fred, que treinou com bola. "Tem uma questão física que é importante, é um jogador que usa muito a força. Tem que ter uma preparação especial. O tempo é muito curto até o clássico. Se hoje fosse segunda-feira, ele talvez tivesse grandes chances. Temos que avaliar se vale a pena mesmo", afirmou o treinador. (Da Agência Estado)