Publicado 10 de Setembro de 2015 - 17h25

Por João Nunes/Especial para o Correio Popular

Um Plano Perfeito tem a bela Diane Kruger de um lado e o, digamos, nem um pouco bonito Dany Boon de outro

Divulgação

Um Plano Perfeito tem a bela Diane Kruger de um lado e o, digamos, nem um pouco bonito Dany Boon de outro

Bem, comédias francesas são meio complicadas. Não sei se não entendemos o humor deles, mas quase nunca bate como o gosto brasileiro – quero dizer, com o meu.

Em todo caso, arrisque com Um Plano Perfeito (HBO Family 2, 21h05, 14 anos), de Pascal Chaumeil (2013).

Tem a bela Diane Kruger de um lado e o, digamos, nem um pouco bonito Dany Boon de outro.

Ela vive Isabelle, nascida em família na qual todo primeiro casamento termina em divórcio. Para contornar a maldição, Isabelle arquiteta um plano: casar e se divorciar de estranho, antes de se casar de verdade com noivo perfeito, Pierre.

Depois que o plano inicial dá errado, ela contra-ataca, tendo como alvo Jean-Yves (o tal Dany Boon), excêntrico escritor aventureiro, que ela tenta manipular com poderes de sedução.

Eles não parecem feitos um para outro, mas uma série circunstâncias os leva para a África (e vão enfrentar um leão) e para Moscou, onde, claro, será mostrado o Kremlin.

É uma comédia com os exageros típicos (quando enfrentam o leão, ele diz "calma, é só um gato grande") e nem sempre engraçados.

Escrito por:

João Nunes/Especial para o Correio Popular