Publicado 07 de Setembro de 2015 - 18h02

Um tumulto no Parque do Ibirapuera, na zona sul da capital, terminou com uma adolescente esfaqueada na tarde deste domingo, 6. A vítima foi agredida após recusar um pedido de beijo de um ajudante geral, segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Com isso, dois grupos de jovens começaram a brigar, com garrafas e pedaços de madeira. O suspeito de assediar e machucar a garota foi preso em flagrante.

De acordo com a SSP, o ajudante geral Vinícius Eduardo Pinto, de 22 anos, abordou a adolescente, de 16 anos, para pedir a bebida que ela carregava. Depois disso, o jovem quis um beijo da menina que se recusou e disse ter namorado. Ao tentar ajudar, um amigo da vítima, de 19 anos, foi agredido com um soco e revidou.

Em seguida, o ajudante geral agrediu a adolescente com um canivete. Isso levou a uma briga generalizada entre amigos da vítima e do agressor, que só foi interrompida com a chegada de seguranças do parque e guardas civis. A confusão ocorreu debaixo da marquise do Museu de Arte Moderna de São Paulo.

A adolescente foi internada no Hospital São Paulo, na Vila Clementino, também na zona sul, mas não havia informações sobre seu estado de saúde nesta segunda-feira, 7. Ela reconheceu o suspeito detido por fotografia. Os outros jovens envolvidos na ocorrência foram liberados. O caso foi registrado no 27.º Distrito Policial (Campo Belo).