Publicado 10 de Setembro de 2015 - 22h08

Por France Press

Estão sendo investigados no estado do Arizona 11 misteriosos tiroteios contra veículos que circulavam em várias autoestradas dessa região do sudoeste dos Estados Unidos.

Nesta quinta-feira (10), as autoridades locais classificaram os ataques como "terrorismo doméstico".

Os atos começaram em 29 de agosto, quando foram denunciados três episódios separados em um trecho da autoestrada que cruza Phoenix, a capital estadual.

Uma adolescente de 15 anos ficou ferida em um dos incidentes. Ela é a única vítima até o momento, relatou o responsável pelas Relações Públicas da Polícia do Arizona, Bart Graves.

O último ataque aconteceu na última quinta-feira (3), quando um caminhão levou um tiro pela lateral esquerda.

"Não temos informação sobre o suspeito", afirmou Graves.

"Acreditamos que possa se tratar de várias pessoas que estão imitando os incidentes de final de agosto", completou.

Os veículos atingidos são carros, caminhões e caminhonetes, além de um ônibus que não circulava com passageiros no momento do ataque. Na maioria dos casos, as balas atingiram os para-brisas, ou as laterais, como mostram as fotografias postadas na conta da Polícia no Twitter.

A população continua usando as estradas normalmente, relatou Graves. "Os ataques não reduziram o tráfego", segundo ele.

A Polícia oferece 20 mil dólares de recompensa por qualquer informação que permita levar ao autor dos ataques.

Esses ataques do Arizona se parecem com a série de tiroteios que espalhou terror nos arredores de Washington, em 2002, quando franco-atiradores mataram dez pessoas em três semanas.

Escrito por:

France Press