Publicado 10 de Setembro de 2015 - 12h25

Por Agência Brasil

O papa Francisco vai visitar, de 25 a 30 de novembro, o Quênia, Uganda e a República Centro-Africana, em sua primeira viagem ao Continente Africano, anunciou nesta quinta-feira (10) o Vaticano.

"A convite dos chefes de Estado e dos episcopados locais, o papa fará uma viagem pastoral à África, de 25 a 27 de novembro, ao Quênia, de 27 a 29 de novembro, a Uganda e à República Centro-Africana, nos dias 29 e 30", informou o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi.

Em cerimônia quinta-feira (10) na Sala Clementina, do Palácio Apostólico, Francisco pediu aos novos bispos que tentem recuperar os católicos que abandonaram a Igreja Católica por desilusão ou por considerá-la "demasiado exigente".

Ele sugeriu aos bispos ir ao encontro das pessoas que descreveu como "batizados que não vivem as exigências do batismo" e lhes perguntar discretamente" o que aconteceu.

"Não se mostrem indignados com as suas dores ou desilusões", pediu. "Não foram poucos aqueles que se afastaram, criticando as nossas fraquezas".

Francisco convidou os bispos a ouvir essas pessoas, com atitude "humilde e interesse no seu bem-estar, até que abram os olhos e possam voltar àquele de quem se afastaram".

Escrito por:

Agência Brasil