Publicado 09 de Setembro de 2015 - 14h12

Por France Press

Um casal iraquiano que estava a bordo do mesmo barco do menino sírio Aylan, que naufragou no litoral turco, enterrou nesta quarta-feira seus dois filhos, que também morreram afogados.

Os corpos de Zainab, uma menina de 12 anos, e de Haidar, um menino de 8, chegaram ao aeroporto de Bagdá e foram enterrados na cidade santa xiita de Kerbala, sul da capital.

A mãe, Zainab Abas, indicou à imprensa que ela, seu marido e seus três filhos estavam no mesmo barco que a família de Aylan Kurdi.

Zainab Abas explicou que sua família havia viajado para Istambul e depois para a turca Bodrum, tentando chegar à Grécia. Ela, seu marido e um terceiro filho foram resgatados por um barco turco.

O pequeno Aylan, de 3 anos, se afogou com outras 11 pessoas - entre elas o irmão de 5 anos e sua mãe - quando duas embarcações que tentavam chegar à ilha grega de Kos vindos do litoral turco de Bodrum.

As fotos do corpo de Aylan com o rosto virado para a areia, que ilustram o drama de milhares de refugiados da guerra na Síria, geraram comoção mundial.

Escrito por:

France Press