Publicado 07 de Setembro de 2015 - 10h20

Por France Press

Refugiados sírios tentam chegar à Europa em fuga da guerra e das atrocidades do Estado Islâmico

France PRess

Refugiados sírios tentam chegar à Europa em fuga da guerra e das atrocidades do Estado Islâmico

A Comissão Europeia pretende propor a França, Alemanha e Espanha que recebam 71.305 solicitantes de asilo que entraram em países do bloco, que estão sob forte pressão migratória, afirmou uma fonte europeia.

A proposta será anunciada na quarta-feira no Parlamento Europeu pelo presidente da Comissão, Jean-Claude Juncker, que pedirá aos Estados membros que recebam 120 mil demandantes de asilo.

A Comissão pedirá que a Alemanha receba 31.443 solicitantes de asilo que chegaram à Itália, Grécia e Hungria, ou seja 26,2%, a França 24.931 (20%) e a Espanha 14.931 (12,4%).

Desta forma, os três países receberão a maior parte dos refugiados.

O presidente francês, François Hollande, confirmou nesta segunda-feira que o país receberá nos próximos dois anos 24.000 refugiados.

O custo para a recepção dos demandantes de asilo, cujas solicitações devem ser examinadas pelo país que os recebe, chega a 6.000 euros por pessoa, o que eleva o valor a quase 720 milhões de euros.

A UE enfrenta uma chegada em massa de solicitantes de asilo. Desde janeiro, quase 365.000 pessoas atravessaram o Mediterrâneo e mais de 2.700 morreram na tentativa, segundo a Organização Internacional de Migrações (OIM).

Escrito por:

France Press