Publicado 04 de Setembro de 2015 - 10h33

Por France Press

Duas mil pessoas se somaram na manhã desta sexta-feira no Facebook a uma iniciativa cidadã na Áustria que propõe formar um comboio de carros particulares para buscar, a partir de domingo, os milhares de migrantes bloqueados na Hungria.

"A época dos apelos à União Europeia e aos responsáveis políticos terminou, chegou a hora de agir", dizem os autores da página "Comboio Budapeste-Viena", que já tinha 2.000 participantes virtuais na manhã desta sexta-feira.

Um primeiro comboio planeja sair na manhã de domingo de Viena para "levar o máximo de refugiados possível de Budapeste a Viena e dali, se for possível, à Alemanha".

Os organizadores afirmam reagir à decisão das autoridades húngaras de suspender os trajetos ferroviários com destino à Europa ocidental, inclusive para os migrantes que têm um bilhete válido.

O ministério austríaco do Interior lembrou na quinta-feira que a ajuda gratuita à imigração pode ser punida com até 5.000 euros de multa.

Milhares de migrantes que desejam chegar aos países ricos da Europa ocidental seguiam bloqueados nesta sexta-feira nas estações da Hungria, em particular na de Budapeste-Keleti.

Escrito por:

France Press