Publicado 04 de Setembro de 2015 - 10h28

Por France Press

A insurreição dos islamitas do Boko Haram causou mais de 2,1 milhões de deslocados na Nigéria, informou nesta sexta-feira (4) a Organização Internacional para as Migrações (OIM), uma cifra em alta em relação ao 1,5 milhão registrado ate agora.

"O aumento se deve à recente intensificação dos ataques dos insurgentes", explicou a OIM em um comunicado, referindo-se às múltiplas ações armadas dos islamitas, que causaram mais de 1.000 mortos desde a chegada ao poder, no final de maio, do presidente Muhamadu Buhari.

A OIM acrescenta que da imensa maioria dos deslocados, 92% foram acolhidos em comunidades e o resto vive em acampamentos ou instalações similares.

Segundo as últimas estimativas da ONU, a violência do Boko Haram, um grupo que quer impor um Estado Islâmico no norte da Nigéria, e sua repressão por parte do exército nigeriano causaram ao menos 15.000 mortos desde o início da insurreição em 2009.

Escrito por:

France Press