Publicado 10 de Setembro de 2015 - 21h10

Por Alenita Ramirez

A chuva da tarde de terça-feira (8), derrubou árvores pela cidade, como esta localizada na Rua Francisco Teodoro, na Vila Industrial

Leandro Ferreira/ AAN

A chuva da tarde de terça-feira (8), derrubou árvores pela cidade, como esta localizada na Rua Francisco Teodoro, na Vila Industrial

Até o final da tarde desta quinta-feira (10) a força-tarefa da Prefeitura de Campinas havia removido 77 das cerca de 130 árvores que caíram nas ruas e praças durante o temporal de terça-feira, com ventos de até 98km/h. Também foram retiradas cerca de 500 toneladas de resíduos, entre galhos e troncos de árvores, entulho, sujeiras diversas e outros materiais trazidos por enxurradas, elevando a quantidade para 1.533 toneladas removidas nos dois dias de rescaldo.

A Prefeitura mobilizou 150 trabalhadores da Secretaria de Serviços Públicos, além de toda a estrutura das administrações regionais (ARs) e subprefeituras para a limpeza e organização da cidade. Estão sendo utilizados 22 caminhões.

Na Praça Roma Palozzi Brasio, na Vila Aurocan, o galho de uma árvore ainda continuava no local. Parte das galhos ocupava um pequeno trecho da rua, mas, segundo moradores, não atrapalhava o trânsito. “Dá para transitar e a gente tem que procurar a passar do outro lado da calçada”, comentou um morador.

Na Rua Moysés Lucarelli, no bairro de Cidade Universitária, galhos de uma árvore ocupavam maior parte do local, que foi interditado por agentes de mobilidade da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec). A Secretaria de Serviços Públicos calcula que leve mais três dias para ser concluída toda a limpeza na cidade.

Segundo a Defesa Civil, em um período de 24h da terça-feira foram registrados 85 milímetros de chuvas, volume superior aos 64,4 milímetros esperados para todo o mês de setembro. A precipitação mais importante, ocorrida no final da tarde de terça, durou cerca de 20 minutos e registrou, às 16h40, ventos de até 98km/h.

Além de todo aparato da Secretaria de Serviços Públicos, estão mobilizadas cinco equipes da Defesa Civil, uma para cada região da cidade. O trabalho desses profissionais consiste na vistoria de áreas atingidas por alagamentos e outras ocorrências e no acompanhamento meteorológico. Também estão envolvidas equipes das Secretarias de Urbanismo e de Cidadania, Assistência e Inclusão Social.

Escrito por:

Alenita Ramirez