Publicado 07 de Agosto de 2015 - 18h46

Por Delminda Aparecida Medeiros

Nova exposição de Tom Fontes

Delma Medeiros

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected]

O artista visual Tom Fontes, carioca que carinhosamente adotou Campinas como sua segunda cidade, apresenta exposição inédita na Casa do Lago da Unicamp. Memória Circular traz mandalas contemporâneas feitas em CDs e com temas variados como cinema, borboletas, plantas. “No início tudo não passava de um desabafo interior, mas com o passar do tempo a coisa foi tomando uma proporção tal que senti vontade de pesquisar e investigar mais sobre as mandalas, conhecer histórias, para poder aprimorar meu conhecimento e empregá-lo em minhas obras. Minhas Mandalas podem provocar reflexões sobre a vida, os elementos da natureza, os símbolos, o estado de espírito”, afirma o artista.

Segundo Fontes, o objeto de estudo faz parte de seu cotidiano. “As formas circulares, esféricas que chamam minha atenção, estiveram e estão presentes na minha vida, seja no sol carioca, nas bolas do futebol que pratico desde a infância, nos LPs/CDs da minha segunda profissão de DJ. As minhas memórias são expressas nas obras”, coloca.

Ele explica que seu objetivo é desenvolver e despertar em seu “eu” diversas possibilidades para criação permanente e original nas suas obras e continuar proporcionando sensações diversas não apenas pessoais, mas também em todos que entrarem em contato com suas mandalas.

Esta é a segunda exposição que Fontes apresenta em Campinas. A primeira, Tom das Mandalas, foi realizada na pizzaria Piola em maio do ano passado. Ele conta que foi em uma feira de artes em Maceió que sua admiração pelas mandalas começou, assim como a vontade de confeccioná-las. Ao retornar ao Rio de Janeiro, passou a garimpar materiais e se debruçar sobre as peças. Desde então, há cerca de 11 anos se dedica a essa forma de expressão. “Eu viajo bastante e em cada lugar onde vou busco novos materiais para trabalhar”, conta. “Nesta mostra se voltei para um novo material que são os CDs.”

Agende-se

O quê: Exposição Memória Circular, de Tom Fontes

Quando: Segunda (10), às 19h. Até 21/8, de segunda a sexta, das 8h30 às 22h. Dia 21/8, até as 12h.

Onde: Casa do Lago da Unicamp (Rua Érico Veríssimo, 1.011, Cidada Universitária Zeferino Vaz, Barão Geraldo, fone> 3521-7701

Quanto: Entrada franca

Escrito por:

Delminda Aparecida Medeiros