Publicado 05 de Agosto de 2015 - 17h36

Por Milene

CONGRESSO/DOR - Os avanços mais recentes em procedimentos pouco invasivos para o alívio da dor estarão em pauta no 3º Congresso da Sociedade Brasileira de Médicos Intervencionistas em Dor, que começa hoje e vai até sábado, em Campinas. O Congresso reunirá 12 médicos especialistas em destaque no cenário mundial. Entre os assuntos abordados pelos especialistas estão o uso da radiofrequência no tratamento de patologias frequentes, os tratamentos preventivos das dores do câncer, o uso do ultrassom no dia a dia e as questões éticas que envolvem esta especialidade. Os procedimentos são menos invasivos e podem ser usados no tratamento de dores na coluna, nos joelhos, enxaqueca, fibromialgia entre outras dores crônicas. O crescimento da Medicina Intervencionista da Dor alinha o Brasil a outros países em relação ao uso da mais alta tecnologia. Estudos indicam que cerca de 60 milhões de pessoas sofrem com dores crônicas. O problema assola cerca de 40% da população mundial. Dos convidados internacionais ao evento, estão confirmados médicos dos Estados Unidos, Espanha, México, África do Sul, Argentina e Chile. Eles apresentarão procedimentos e técnicas utilizadas em seus países para o tratamento de diferentes tipos de dor. Entre eles Eric Wilson, o principal nome da Medicina Intervencionista da Dor na África do Sul e Andrea Trescot, autora do livro Pain Wise, a patient´s guide to pain management, um best seller lançado nos Estados Unidos em 2011. O 3º Congresso da Sociedade Brasileira de Médicos Intervencionistas em Dor ocorre no Hotel Vitória, de 6 a 8 de agosto. Informações podem ser obtidas no site: http://www.sobramid.org/index.php/br/inscricoes/iii-congresso-sobramid/inscricao. AAN

Escrito por:

Milene