Publicado 04 de Agosto de 2015 - 19h05

A palavra de ordem na Globo é reinventar, dar uma cara nova, um diferencial, a antigos e novos programas, muito em função das mudanças promovidas em alguns dos seus núcleos mais importantes. O Criança Esperança 2015, dia 15 agora no ar, já apresentará ao público várias novidades e uma transparência ainda maior na aplicação dos recursos. E, não por acaso, o programa também será realizado no próprio Projac, casa da Globo. Este trabalho de renovação começa a ser pensado também para o Show da Virada, no último dia do ano. Em vez daquele enfadonho entra e sai de artistas, que nunca foi além de um aborrecido vitrolão, há igualmente o desafio de se apostar no novo, fazendo-se valer apresentadores e de homenagens aos que se saíram bem na música ao longo do ano. Vai dar um ganho interessante.