Publicado 09 de Agosto de 2015 - 5h30

O brasileiro Oscar marcou o primeiro gol do Chelsea na edição 2015-2016 da Premier League, mas não foi suficiente para evitar o tropeço do atual campeão inglês, que empatou por 2 a 2 com o Swansea, ontem, em Stamford Bridge. O time galês já tinha surpreendido na primeira rodada da temporada passada, ao derrotar o tradicional Manchester United por 2 a 1 em pleno estádio Old Trafford.

Mais cedo, os Red Devils romperam a sina ao vencer o Tottenham por 1 a 0, na partida que abriu o campeonato, mas a vitória foi suada e nada convincente.

O Chelsea mostrou um nível de jogo superior, mas foi prejudicado pela expulsão do goleiro belga Thibault Courtois no início do segundo tempo. O clube londrino, que fez uma pré-temporada preocupante, voltou a decepcionar, uma semana depois de perder por 1 a 0 para o Arsenal na Supercopa da Inglaterra.

Oscar abriu o placar aos 23’ de jogo, com uma bela cobrança de falta do lado esquerdo, perto da área, surpreendendo o goleiro Fabinski, que esperava um cruzamento, e ainda viu a bola quicar no gramado antes de entrar nas redes.

O gol ajudou o Chelsea a se soltar depois de um início tímido, mas o Swansea foi valente e empatou aos 29’, com gol de André Ayew. Recém-contratado junto ao Olympique de Marselha, o atacante ganês pegou a sobra de um cabeceio do francês Bafetimbi Gomis.

Os visitantes mal tiveram tempo de comemorar. Logo no minuto seguinte, os Blues fizeram 2 a 1 com um gol contra do zagueiro argentino Federico Fernández (ex-Napoli), que desviou para as próprias redes um chute do jogador brasileiro Willian, encobrindo Fabianski.

O Chelsea fez um ótimo primeiro tempo, mas sofreu um grande baque depois do intervalo, quando Courtois levou o cartão vermelho por derrubar Gomis na área. A expulsão obrigou o técnico José Mourinho a tirar Oscar para a entrada do goleiro reserva Begovic, o que diminuiu o poder de criação da equipe.

O próprio Gomis foi para a cobrança e deixou tudo igual, antes de provocar a torcida local com sua tradicional comemoração, imitando uma pantera.

Louis Van Gaal usou cinco “novatos” contra o Tottenham: o goleiro Sergio Romero, o lateral Matteo Darmian, o volante Morgan Schneiderlin e o meia Depay. O primeiro gol desta nova edição da Premier League saiu aos 22’, e foi um gol contra, marcado pelo lateral Kyle Walker. (Da Agência France Press)