Publicado 06 de Agosto de 2015 - 5h30

O Corinthians pode ter um desfalque de peso para o clássico deste domingo contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 17 rodada do Campeonato Brasileiro. O meia Renato Augusto reclamou de dores no quadril durante a noite de terça-feira e, após ser avaliado pelo médico Joaquim Grava, foi encaminhado ontem ao hospital São Luiz para passar por exames médicos.

O jogador foi diagnosticado com uma ciatalgia (inflamação do nervo ciático). Renato Augusto foi medicado e liberado para continuar o tratamento em casa. O meia ainda será reavaliado pelo departamento médico do Corinthians e não há previsão de quando estará liberado para retornar aos treinamentos, mas deverá ficar pelo menos dois dias de molho, o que complicaria a sua participação no clássico.

Sem poder contar com Renato Augusto no treino coletivo de ontem, o técnico Tite preferiu não mexer no esquema tático da equipe e escalou Danilo para compor o meio de campo titular. Renato Augusto vive grande fase e é um dos destaques da boa campanha do Corinthians no Brasileirão. Na última rodada, ele marcou pela primeira vez na competição e abriu caminho para a vitória por 3 a 0 sobre o Vasco, no estádio Itaquerão.

"Eu sabia que ele não iria treinar e faria exames. Contamos com ele, é um cara fundamental no esquema, vem mantendo sequência boa", afirmou o goleiro Cássio, que volta à equipe neste domingo após se recuperar de uma tendinite na coxa esquerda.

Cássio, por sinal, ganhou uma programação especial de treinamentos para voltar à equipe no domingo. A comissão técnica admite que errou no diagnóstico recente sobre Cássio, mas agora espera tê-lo com 100% de condições novamente.

Com 33 pontos, o Corinthians ocupa a vice-liderança do Brasileirão. Tem dois pontos a menos que o Atlético Mineiro, que neste domingo jogará contra o Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Em relação ao G4, o time alvinegro tem cinco pontos a mais que o Atlético Paranaense, o quinto colocado. (AE)