Publicado 04 de Agosto de 2015 - 5h30

Ainda se recuperando da derrota para o Atlético-PR por 1 a 0, sofrida no domingo, no Allianz Parque, o Palmeiras recebeu uma péssima notícia ontem. O volante Gabriel passou por exames no fim da manhã e foi constatado o rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. A grave lesão deve afastá-lo do gramado por cerca de seis meses. Logo, ele não joga mais na temporada.

O jogador foi substituído por Andrei Girotto durante a partida e, na ocasião, não demonstrava preocupação com a lesão que, segundo ele, foi apenas uma "estraladinha". Gabriel e o goleiro Fernando Prass eram os únicos atletas que haviam disputado todos os jogos do Brasileiro.

Gabriel atuou em 40 dos 42 jogos do time na temporada e nunca tinha deixado de treinar por qualquer problema físico. O volante deve passar por cirurgia nos próximos dias e, em seu lugar, o técnico Marcelo Oliveira pode escalar Andrei Girotto e Amaral ou adotar uma formação mais ofensiva e dar mais chances para Cleiton Xavier.

Antes de se machucar, Gabriel vinda sendo o principal marcador do Palmeiras. O volante joga à frente dos zagueiros e tem a função de encurtar os espaços do ataque adversário. É o líder de desarmes da equipe. "Estou assustado porque nunca passei por isso. Sou um jogador que não tem lesões, sempre estou dentro de campo", disse o atleta no último domingo, antes de receber a má notícia.

O elenco do Palmeiras folgou ontem e retorna às atividades amanhã pela manhã. O time volta a campo no domingo, para encarar o Cruzeiro. Com a derrota para o Atlético-PR, o Palmeiras fechou a 16 rodada em 6 lugar. (Da Agência Estado)