Publicado 03 de Agosto de 2015 - 5h30

O Sport entrou em campo ontem, contra o Cruzeiro, na Arena Pernambuco, para confirmar a boa fase e garantir pelo menos um lugar no G4 do Brasileirão. E o time pernambucano conseguiu alcançar seu objetivo, apesar dos sustos tomados no fim da partida. Graças ao goleiro Danilo Fernandes, a equipe do Nordeste empatou por 0 a 0 com o Cruzeiro e subiu para os 29 pontos, chegando ao quarto lugar da competição. O atual campeão brasileiro, por sua vez, encerra a 16 rodada em 14 lugar, com 18 pontos.

Com um ritmo diferente daquele que costuma apresentar contra seus adversários, o time da casa não impôs uma pressão habitual na Arena Pernambuco e viu o Cruzeiro equilibrar as ações durante todo o duelo.

Na melhor chance do time mineiro no primeiro tempo, aos 7’, Mayke ganhou espaço na lateral direita e cruzou. Henrique subiu primeiro que o companheiro Vinícius Araújo e, sem marcação, cabeceou. A bola passou muito perto do gol.

Do lado do Sport, a melhor oportunidade surgiu aos 24’, quando Marlone recebeu cruzamento na área e testou firme no canto direito. Fábio esticou-se todo e salvou o time de Minas.

Com o placar inalterado, as duas equipes voltaram para a etapa complementar com a mesma falta de disposição do primeiro tempo. O jogo só mudou quando o técnico Eduardo Baptista tirou Régis e promoveu a entrada de Hernane "Brocador", ex-Flamengo.

O Sport melhorou, mas logo o Cruzeiro também voltou a equilibrar as ações. Quando parecia que mais nenhuma chance aconteceria no confronto, a Raposa assustou. E o goleiro do Sport foi decisivo para segurar o resultado. Manoel cabeceou firme, mas Danilo Fernandes fez ótima defesa e salvou seu time da derrota. (Da Agência Estado)

SPORT

Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Samuel), Marlone, Diego Souza (Neto Moura) e Régis (Hernane); André. Técnico: Eduardo Baptista.