Publicado 07 de Agosto de 2015 - 19h36

Por Agência Estado

Movimento em estrada em que carro-forte foi metralhado e bandidos levaram malotes de dinheiro

Foto de internauta

Movimento em estrada em que carro-forte foi metralhado e bandidos levaram malotes de dinheiro

A polícia conseguiu recapturar, até o fim da tarde desta sexta-feira, 07, 15 presos de um total de 37 que fugiram depois do ataque a um comboio na Rodovia Abrão Assed (SP-333), na região de Ribeirão Preto, pela manhã. Um total de 41 detentos eram levados em dois veículos, uma caminhonete e uma viatura maior, de Casa Branca (SP) para Serra Azul (SP), para apresentações judiciais. Quatro permaneceram no local e os demais fugiram pelos canaviais da região. A Polícia Civil investiga o caso e uma equipe do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) ajuda a identificar os assaltantes.

A quadrilha teria, pouco antes, atacado também um carro-forte, na rodovia SP-338, que liga Mococa (SP) a Cajuru (SP), na mesma região, usando fuzis e outras armas de grosso calibre. Seguranças reagiram e um morreu baleado. Uma megaoperação, envolvendo policiais rodoviários, militares e civis, foi montada para tentar recapturar os fugitivos, usando três helicópteros e fazendo buscas em canaviais e rodovias.

Os bandidos usaram uma Land Rover preta blindada e com adaptações na porta traseira que permitiram posicionar as armas para o ataque. O veículo ficou estacionado na lateral da rodovia e o carro-forte foi alvejado assim que surgiu na pista, quando houve intensa troca de tiros. Grande quantidade de cápsulas e cartuchos ficaram espalhados pelo local.

Até o final da tarde, a estrada continuava parcialmente interditada no trecho onde ocorreu o ataque. O Grupo Protege, empresa responsável pelo carro-forte, informou em nota que aguarda a apuração dos fatos e colabora com as autoridades policiais na investigação. O valor levado pelos criminosos não foi divulgado.

Além da Land Rover, que foi abandonada após a ação, os bandidos também utilizaram uma Duster prata para a fuga. Bloqueios policiais foram realizados na região, mas o veículo não foi localizado.

Motoristas que cruzavam a rodovia contaram ter vivido momentos de tensão ao se depararem com o tiroteio. O confronto também teria deixado pelo menos duas pessoas feridas, mas a polícia não confirmou a informação.

Escrito por:

Agência Estado