Publicado 06 de Agosto de 2015 - 22h52

Por France Press

Isabelle Prime (à direita do cartaz) foi sequestrada junto com sua intérprete iemenita Cherine Makaui (à esquerda no cartaz)

France Press

Isabelle Prime (à direita do cartaz) foi sequestrada junto com sua intérprete iemenita Cherine Makaui (à esquerda no cartaz)

A refém francesa Isabelle Prime, sequestrada no Iêmen em fevereiro deste ano, foi libertada na madrugada desta sexta-feira (7), informou a presidência francesa em um comunicado. 

"Nossa compatriota Isabelle Prime foi solta esta noite. Estava retida no Iêmen desde 24 de fevereiro de 2015", revela um comunicado, acrescentando que a jovem regressará à França "nas próximas horas".

"Isabelle Prime está atualmente sob proteção dos serviços franceses. Ela voltará ao nosso país nas próximas horas", acrescenta.

O presidente "expressa toda sua gratidão a todos aqueles que contribuíram com essa solução, e sobretudo ao sultão de Omã Qaboos Ibn Said".

Chegada em 2013 ao Iêmen, Isabelle Prime, de 30 anos, trabalhava para uma sociedade de assessoria. Foi sequestrada junto com seu intérprete iemenita Cherine Makaui em 24 de fevereiro deste ano em Saná por homens disfarçados de policiais quando iam de carro para o trabalho.

Cherine Makaui declarou que foi libertada em 10 de março em Adén, sul do Iêmen.

O sequestro de estrangeiros é algo comum no Iêmen, onde centenas foram feitos reféns nos últimos 15 anos. No geral, os sequestrados são libertados são e salvos, após pagamento de resgate, mas, desta vez, a ação teve como pano de fundo a guerra civil que sacode o país.

Escrito por:

France Press