Publicado 06 de Agosto de 2015 - 10h00

Por France Press


Shah Marai/ AFP

Pelo menos 17 pessoas, incluindo 12 soldados afegãos, morreram nesta quinta-feira na queda de um helicóptero na província de Zabul, no sul do Afeganistão, informaram autoridades locais e militares.

O helicóptero militar caiu por uma falha técnica em Shinkay, um distrito de Zabul com relativamente pouca atividade insurgente.

"Cinco tripulantes e 12 soldados morreram quando o helicóptero caiu no distrito de Shinkay, na província de Zabul, por questões técnicas", disse um policial, que pediu anonimato, à AFP.

O governador do distrito, Mohamad Qasim Khan, confirmou o balanço e um comandante do exército anunciou o enviou de uma delegação oficial para investigar o acidente.

Os insurgentes já conseguiram derrubar helicópteros da Otan, como um aparelho Chinook americano em 2011, o que provocou a morte de 30 americanos, mas este tipo de incidente é pouco frequente.

Segundo o comandante do Estado-Maior do exército afegão para o sul do país, a tragédia aconteceu com um helicóptero de transporte Mi-17 de fabricação russa.

Os acidentes de avião e de helicóptero são um risco permanente para as tropas afegãs, que usam muito o transporte aéreo para atravessar o acidentado terreno do Afeganistão na luta contra os talibãs.

Em abril do ano passado, cinco soldados britânicos morreram na queda de um helicóptero na província de Kandahar, no que o ministério da Defesa de Londres considerou um "trágico acidente".

As forças da Otan, lideradas pelos Estados Unidos, concluíram a missão no Afeganistão em dezembro do ano passado. As tropas locais são as únicas responsáveis pelo combate aos insurgentes.

Uma força residual de 13.000 soldados da Otan, no entanto, permanece no país para trabalhos de treinamento e operações de contra-terrorismo.

Escrito por:

France Press