Publicado 04 de Agosto de 2015 - 18h23

Por Patrícia Penzin

Repórter fotográfico resgata e digitaliza negativos da década de 70 dos jornais Correio Popular e Diário do Povo

Cedoc/RAC

Repórter fotográfico resgata e digitaliza negativos da década de 70 dos jornais Correio Popular e Diário do Povo

Já está no ar, nos sites Correio.com.br e Rac.com.br, a nova seção que tem como objetivo resgatar a história de Campinas. O Baú da RAC traz as imagens que estão sendo resgatadas do arquivo fotográfico dos jornais Correio Popular e Diário do Povo. Dezenas de anos de negativos estão sendo editadas e escaneadas para serem divulgadas na internet. As imagens revelam pedaços da história recente de Campinas. Agora, esse conteúdo ficará à disposição do internauta, que poderá consultar o material nas capas dos sites com apenas um clique na seção Baú da RAC.

O projeto é organizado pelo repórter-fotográfico Leandro Ferreira, que fez uma minuciosa pesquisa no arquivo de negativos do Centro de Documentação do Grupo RAC. Ele encontrou milhares de imagens que retratam desde fatos corriqueiros do cotidiano a obras que mudaram o cenário da cidade.

Esse material foi editado, separado, e escaneado. São milhares de fotografias que, aos poucos e diariamente, alimentarão a seção Baú da RAC. Os negativos estão em ótimo estado de conservação porque foram acondicionados em envelopes de seda e guardados em armários de madeira, longe da umidade. O negativo foi usado nas redações do Correio Popular e Diário do Povo até o início dos anos 2000.

As fotografias resgatadas revelam uma cidade desconhecida por grande parcela da população. Mas, para quem passou dos 50 ou 60 anos, as fotografias são carregadas de saudosismo. Distribuídas nas redes sociais do grupo, despertam comentários apaixonados e reavivam memórias. É o caso do incêndio do supermercado Eldorado, no Centro de Campinas, em 24 de dezembro de 1986. Centenas de internautas descreveram nas redes sociais do grupo as lembranças que tiveram daquele dia. “Lembro exatamente o que estava fazendo quando soube do incêndio. Foi um dia marcante porque era praticamente o único grande supermercado da cidade”, comentou a internauta Sueli Sousa.

Créditos

Como o material é muito antigo, faltam informações completas sobre os nomes de muitas pessoas retratadas, o ano e o autor das fotos. Se você conhece alguém ou for uma das pessoas retratadas nas imagens, mande um e-mail para a redação no endereço [email protected] ou uma mensagem no WhatsApp (19) 99608-6114.

Leia Mais

Reportagem encontra policial fotografado em imagem antiga

 

Escrito por:

Patrícia Penzin