Publicado 03 de Agosto de 2015 - 10h58

Imagem do navio negreiro de "Escrava Mãe", novela da Record

Edu Moraes / Record

Imagem do navio negreiro de "Escrava Mãe", novela da Record

Colaboração: José Carlos Nery

 

É preciso reconhecer que o elenco da Record hoje reúne nomes importantes da televisão brasileira, como são os casos do Gugu, Marcelo Rezende, Xuxa, Faro, Bacci, César Filho, Justus, Ana Hickmann, Adriana Araújo, Celso Freitas, Domingos Meirelles, entre tantos outros. Tem e já teve atores consagrados na sua teledramaturgia, assim como autores e diretores capacitados. E dinheiro nunca faltou para amparar as suas produções.

Então, entre as tantas perguntas que mais se ouve, o que acontece? Por que os seus resultados estão sempre abaixo do esperado ou raramente atendem a expectativa de audiência? Como é possível ficar atrás do SBT, que hoje possui uma carga de produção das mais insignificantes?

Falta na Record, por mais que a sua direção resista em entender, um bom meio campo. Um profissional com necessária experiência, que possa dispensar os serviços de intérpretes para entender ou falar a linguagem do artístico. Alguém como no passado foi o falecido Eduardo Lafon.

Enquanto houver a insistência de não se valer de um profissional do mercado para atuar nesta área, com tamanhas especificidades e assim como no seu comercial sempre aconteceu, será complicado atingir melhores resultados.

TV Tudo

O que tem por trás?

Se existe um assunto que até agora funcionários do SBT e da Record têm um pé atrás foi a ida de Silvio Santos ao Templo de Salomão encontrar Edir Macedo.

A maioria entende que só para conhecer não foi. Há muita desconfiança de que alguma coisa os dois deixaram combinado.

Não é por nada

Mas não é estranho esse silêncio da Bandeirantes em relação ao Miss Brasil?

Ora vem alguém e garante que vai sair, ora aparece outro e diz que o melhor é deixar quieto. De oficial, por enquanto, nada. Fala-se, agora, entre outubro e novembro. Vamos esperar.

Jogo rápido

A dupla responsável por “A Regra do Jogo”, Amora Mautner e João Emanuel Carneiro, pretende exorcizar o mais rapidamente possível o fantasma da baixa audiência das 21h, hoje representada por “Babilônia”.

Pelo material em mãos, eles acreditam que vai dar para virar rapidamente esse jogo.

A estratégia

Para atingir esse objetivo, a dupla vai atirar na trama principal direto. Sem dó nem piedade, durante as duas primeiras semanas, movimentando poucos personagens.

Na Globo, Carneiro é visto como um autor que tem grife, talentoso, e poderá colaborar decisivamente para mudar o atual estado de coisas.

Pegando jeito

Roberto Justus já participou de algumas reuniões com o diretor Rodrigo Carelli e com a produção de “A Fazenda”.

A todos ele tem dito que só está procurando conhecer melhor o programa. E que neste seu primeiro ano irá interferir muito pouco.

No ponto

A Cuatro Cabezas começa a acelerar o passo na produção do “Wedding Planner”, um reality sobre planejamento de casamentos para exibir no Discovery.

Serão 10 programas.

O cara é fera

Em toda a semana passada, as reprises de novelas da Record bateram lata.

Não raramente, Marcelo Rezende recebeu com um ponto e conseguiu, em todos os dias, elevar para 7 de média. Pode até não ser o que o “Cidade Alerta” sempre conseguiu, mas o crescimento percentual do programa é extraordinário.

Vem aí

A Bandeirantes definiu como “Fatmagül – A Força do Amor”, o título da substituta de “Mil e Uma Noites”.

Também produção turca.

Tudo muito ruim

Nunca se viu tantos programas de humor entre as TVs aberta e fechada. Só perde para os de cozinha.

Pena que a maioria é muito ruim. E entre esses tantos, pode-se considerar como lamentáveis as experiências do Tom Cavalcante e Ceará no Multishow.

Falando nisso

Agora se observa que foi um tremendo engano da Globo ter mantido o título “Zorra” no seu novo humorístico dos sábados.

Poderiam ter buscado um outro e também ter caprichado um pouco mais no conteúdo. O roteiro precisa justificar o investimento.

Produção de época

Imagem do navio negreiro de “Escrava Mãe” (foto), substituta de “Os Dez Mandamentos” que estreia dia 19 de outubro na Record. Na história de Gustavo Reiz, o traficante de escravos Osório (Jayme Periard) é o responsável por capturar negros e trazer ao Brasil nesse navio.

Imagem do navio negreiro de "Escrava Mãe", novela da Record

 

 

 

Bate – Rebate

· A repórter do “Hoje em Dia”, Ana Paula Neves, foi até Campinas gravar as novidades em tratamento para dor de cabeça...

· ... E entrevistou o 1º médico brasileiro especialista em dor...

· ... Fora ele, só existem outros 10 no Brasil e 800 no mundo todo...

· O programa mostra também duas técnicas mais recentes aliadas da medicina no combate a dor de cabeça: radiofrequência e marca passo...

· ... Vai ao ar no programa de hoje.

· Foi consumado na zero hora de sábado, as mudanças de afiliadas do SBT e Band em Fortaleza...

· ... O SBT voltou a ser transmitido pela TV Jangadeiro e a Band foi para a NordesTV...

· ... A TV Jangadeiro segue com o canal 12.1 digital e a Nordestv ficou com o 20.1.

· A Globo vai intensificar a busca de alguém para substituir Mônica Iozzi no “Vídeo Show”...

· ... Pelo andar da carruagem, a escolhida será uma atriz do elenco de novelas da casa...

· ... Não há o desejo de pegar alguém de fora ou do próprio jornalismo.

C´est fini

A Rede TV! trabalha com setembro para mês de estreia do novo programa de Daniela Albuquerque na emissora.

O produto ainda está sendo formatado e será exibido nas tardes de domingo.

Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!