Publicado 13 de Julho de 2015 - 13h20

Por Jaqueline Harumi Ishikawa

Fotos: Jaqueline Harumi

Jaqueline Harumi

Da Agência Anhanguera

[email protected]

Um comerciante de 43 anos teve a casa incendiada pela mulher com quem mantinha um relacionamento amoroso há cerca de dois anos após uma briga por ciúmes no fim da madrugada de ontem no Jardim Londres, em Campinas.

Segundo o relato da vítima à reportagem, os dois trabalharam em barracas de bebidas em uma festa e quando comiam em um trailer de lanches no bairro do comerciante após o evento começaram a discutir porque ele teria paquerado uma moça. Como ele sugeriu o término caso continuasse a duvidar da situação, ela pegou a chave da casa no carro e ateou fogo no imóvel. "Disse vai lá ver o que vai acontecer na sua casa e 40 minutos depois voltou e disse vai ver o que aconteceu", contou o comerciante.

Os bombeiros foram acionados por volta das 6h30, mas praticamente toda a casa ficou destruída e o cachorro do comerciante, que ficava no quintal, sumiu. A mulher de 32 anos, que é desempregada, não foi localizada pela Polícia Militar, que preservou o local para perícia.

A suspeita é de que o fogo tenha começado com uma explosão a partir do fogão na cozinha, que foi encontrado com as bocas abertas. O quarto do comerciante também estava revirado, com as roupas espalhadas pelo chão. O caso seria registrado no 11º Distrito Policial pela própria vítima para investigação.

Escrito por:

Jaqueline Harumi Ishikawa