Publicado 08 de Julho de 2015 - 17h40

Por Alenita de Jesus

Campinas

Um desempregado de 35 anos foi detido pela Polícia Militar (PM), no começo da tarde de ontem, após tentar extorquir seu ex-chefe, um empresário de 38 anos, em um banco no bairro Cambuí, em Campinas. O suspeito exigiu R$ 200 mil do empresário e ameaçou matar a família da vítima caso não lhe entregasse o dinheiro. Ele foi com a vítima até o banco Santander, na Rua Coronel Quirino, mas a gerente desconfiou do nervosismo do empresário e chamou a polícia. O desempregado tentou sair de fininho quando a PM chegou, mas foi alcançado a cerca de 60 metros da agência e foi detido. Ele confessou que um comparsa estava com a família da vítima e se ela negasse entregar o dinheiro, mataria todos.

O crime aconteceu por volta das 13h. O acusado ligou para o empresário e pediu um encontro de negócios em um bar. No local o ex-funcionário, que conhece a família da vítima, afirmou que uma outra pessoa estava com os filhos e a mulher do empresário. Em troca pediu o valor de R$ 200 mil. Com medo das ameaças, a vítima seguiu até o banco. Eles entraram no banco e foram até a gerente, que estranhou o saque de alto valor e o nervosismo da vítima. Ela chamou a polícia e várias viaturas foram ao local. Com o barulho da sirene, o suspeito saiu de mansinho, mas um vigia viu e passou a descrição para a polícia que o localizou. Ele estava na companhia de um comparsa que fugiu. Ele estava sem armas. “Fomos acionados para averiguar um roubo a banco, mas quando chegamos lá vimos que era uma extorsão”, contou o tenente Jefferson Iuri Rocha.

Santa Bárbara d´Oeste

Foto: Divulgação

A PM de Santa bárbara d´Oeste prendeu na manhã de ontem, Lúcio Mauro de Arruda, 21 anos, acusado de roubar uma família em Americana, horas antes. O suspeito foi detido em uma chácara no bairro Cruzeiro do Sul. Em posse dele, foi apreendido um Hyundai Santa Fé, de propriedade de uma das vítimas. A polícia chegou ao suspeito após denúncias anônimas.

Americana

Quatro homens armados invadiram uma agência do Banco Santander, no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Americana, ontem de manhã, mas fugiram sem levar nada. Segundo a Polícia Militar (PM), eles renderam os funcionários e saíram com a chave do banco.

A tentativa de roubo foi por volta das 8h, quando funcionários trabalhavam em expediente interno. Não havia clientes no local. Uma faxineira da agência viu a ação dos criminosos, se escondeu no banheiro e chamou a polícia. Os ladrões perceberam a movimentação e fugiram em um Fox. Após a fuga, três viaturas da Guarda Municipal (GM) chegaram no local e a PM bloqueou um dos sentidos da Avenida Nossa Senhora de Fátima. Todos os funcionários foram revistados antes de sair da agência.

A PM não soube informar se os suspeitos chegaram a quebrar alguma porta para entrar na agência. Ninguém ficou ferido durante a ação.

Escrito por:

Alenita de Jesus