Publicado 07 de Julho de 2015 - 19h49

Por Adagoberto F. Baptista

Foto: Camila Moreira/AAN

Eric Rocha

DA AGÊNCIA ANHANGUERA

[email protected],com.br

Mais dois homens suspeitos de roubarem uma agência bancária do Bradesco que fica dentro da Ceasa foram presos na tarde de ontem em Campinas. A Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia de que integrantes da quadrilha participavam de uma reunião em uma casa, no Jardim São Marcos.

No local, foram localizados Alexandre Ramos da Silva, de 21 anos, e Pablo Wesley da Silva Santos, de 19 anos. Com eles, foram apreendidos um colete à prova de balas e cinco munições de calibre 38. Esse material pode ter sido levado dos vigias do banco. A PM também localizou dois módulos utilizados para furtos de veículos, seis celulares, um coldre, uma porção de maconha, além de três pares de tênis e um de luvas.

Com mais estas duas prisões, chega a quatro o número de pessoas presas suspeitas de participarem do roubo. Outros dois homens já haviam sido presos na segunda-feira na mesma região. Segundo a PM, a suspeita é que pelo menos oito homens tenham participado do ataque à agência: seis, que efetivamente entraram na agência e foram flagrados pelas câmeras de segurança, o dono de uma residência que teria servido como esconderijo e um vigia do próprio banco, suspeito de ser o informante da quadrilha. A Polícia Civil investiga essas informações.

Na última sexta-feira, os bandidos, armados com fuzis, metralhadores e escopeta agiram em menos cinco minutos e fugiram com o dinheiro dos caixas e um malote de cheques e documentos. Durante a ação, três dos criminosos fizeram um arrastão no corredor onde ficam os bancos, fazendo cerca de 10 pessoas reféns.

Escrito por:

Adagoberto F. Baptista