Publicado 06 de Julho de 2015 - 14h26

Por Alenita de Jesus

Alenita Ramirez

[email protected]

Um digitador de 41 anos foi preso ontem de madrugada, em Campinas, após espancar a mulher, uma desempregada de 31 anos. Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas disseram que a mulher passou o domingo apanhando, porém ela disse à reportagem que houve discussão durante todo o dia, mas as agressões mesmo começaram por volta das 19h e se estenderam até por volta das 23h, quando a polícia chegou. Segundo a vítima, o espancamento foi motivado por ciúmes por parte do homem e o pivô foi o Facebook. A vítima sofreu lesões e hematomas no rosto, mãos e pernas. O digitador chegou a usar duas chaves de fenda para agredir a mulher.

O casal se conheceu pelo Facebook há seis meses, mas mora junto há dois meses. A mulher é da cidade cearense de Croatá. Ela deixou a família e pediu as contas de uma empresa onde trabalhava como auxiliar de produção para morar com o digitador. “Durante a briga, no decorrer do dia, ele saia e voltava. Uma das vezes ele entrou no Facebook dele e depois exigiu a senha da minha página. Ele viu a lista de pedidos de novas amizades e ficou enfurecido. Tentei explicar que não conhecia as pessoas, mas, mesmo assim, ele me agrediu”, contou.

O homem foi preso após vizinhos chamarem a polícia. Ao saber que seria preso, o digitador ameaçou e partiu para cima dos policiais. Ele foi algemado e levado para a 2ª Delegacia Seccional. Como não pagou fiança de mil reais foi mandado para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial (DP).

A desempregada passou por exame de corpo de delito e disse que voltaria para a cidade cearense ainda hoje. “Não dá mais. Ele é trabalhador, mas o ciúmes estraga ele”, desabafou.

Escrito por:

Alenita de Jesus