Publicado 06 de Julho de 2015 - 14h25

Por Alenita de Jesus

Alenita Ramirez

[email protected]

Um autônomo de 32 anos morreu ao ser baleado durante um pancadão no bairro Bom Retiro, em Paulínia, no final da noite de anteontem. Segundo a Guarda Municipal (GM), Robelio Lacerda Rocha levou ao menos quatro tiros e chegou a ser levado ao Hospital Municipal de Paulínia, mas não resistiu aos ferimentos. Os autores do crime não foram identificados.

A execução foi por volta das 23h30 em frente a um bar na Rua Benedito Jorge Leoni. Segundo a polícia, Rocha estava com dois parentes no evento. No local havia dezenas de pessoas e vários carros com o som ligado em alto volume. Em dado momento da festa estes parentes teriam se afastado da vítima e quando perceberam havia um princípio de tumulto perto do autônomo.

Ainda segundo a polícia, o autônomo estava com um veículo Hyundai Veloster. Os parentes correram até onde estava Rocha e ele já estava ferido e no chão. Os parentes disseram para a polícia que não ouviram tiros porque o som estava muito alto. Houve correria.

Segundo a polícia, a vítima era casada, morava no bairro Betel, em Paulínia, e sua mulher alegou que Rocha não tinha inimizades e nem sofria ameaças.

O crime será investigado pelo Setor de Investigação da cidade e ainda na madrugada de ontem os policiais foram no local e no hospital coletar imagens e informações sobre a vítima.

Escrito por:

Alenita de Jesus