Publicado 05 de Julho de 2015 - 14h42

Por Jaqueline Harumi Ishikawa

Fotos: Jaqueline Harumi

Jaqueline Harumi

Da Agência Anhanguera

[email protected]

Dois acidentes de trânsito em rodovias deixaram duas vítimas fatais em menos de seis horas em Campinas neste fim de semana. Uma mulher de 32 anos morreu após o marido bater a caminhonete em que estavam na traseira de uma carreta anteontem à noite no Km 125 da Rodovia Governador Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP 340), na altura do bairro rural Bananal, sentido Jaguariúna. Já na madrugada de ontem um rapaz de 26 anos foi atropelado no Km 70 300 da Rodovia Santos Dumont, na altura do Jardim Nova América, sentido Indaiatuba.

Segundo a Polícia Rodoviária, o primeiro acidente aconteceu às 23h10. O motorista de uma caminhonete Hilux, de 46 anos, perdeu o controle do veículo e colidiu na carreta. A mulher dele, Angela Godoy Scachetti, que estava no banco do passageiro, chegou a ser socorrida pelo resgate do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos. O teste do bafômetro no condutor do veículo registrou 0,71 mg/L e ele cedeu amostra de sangue para ser encaminhada ao Instituto Médico Legal. Após perícia, o 4º Distrito Policial registrou ocorrência de homicídio culposo na direção de veículos automotor e embriaguez ao volante e liberou o companheiro da vítima, que deve ser enterrada no Cemitério Serra Negra, onde nasceu e possui familiares. Os veículos envolvidos no acidente foram apreendidos, já que a carreta estava com queixa de furto em Minas Gerais, mas pela manhã a transportadora afirmou haver algum equívoco na queixa de crime em aberto.

Já o atropelamento aconteceu por volta das 3h30. Antes de ser atropelado, Gabriel de Lima Rodrigues foi visto por um guincheiro da concessionária Colinas correndo na contramão da via no meio da pista, de acordo com a polícia. O motorista do guincho desviou do rapaz, mas quando retornou Rodrigues havia acabado de ser atingido por um Honda Fit, que seguia pela faixa da esquerda. O condutor do carro, um agente de aeroporto de 19 anos, aguardou o resgate da concessionária, mas a vítima já estava sem vida. O acidente foi registrado na 2ª Delegacia Seccional, após perícia.

Escrito por:

Jaqueline Harumi Ishikawa