Publicado 03 de Julho de 2015 - 16h19

Por Alenita de Jesus

Campinas

Um promotor de vendas de 26 anos levou uma pancada na cabeça durante um assalto, anteontem à noite, na Avenida Orosimbo Maia, em Campinas. A vítima contou para a polícia que não viu o agressor e que desmaiou. Quando acordou estava sem a carteira e documentos.

Bandidos furtaram um contêiner de lixo na Avenida Anchieta, região central de Campinas, anteontem à noite. Ninguém viu a ação. Um funcionário da empresa Renova Ambiental, que administra as caçambas na cidade, disse para a polícia que no dia anterior ladrões já tinham levado outro contêiner.

Hortolândia

Um entregador de 50 anos foi atacado por três bandidos quando procurava um endereço no Jardim Nova Europa, em Hortolândia, ontem de manhã. Os criminosos estavam em um carro não identificado e simularam estar armados. A vítima estava em uma Fiorino e fazia entrega de produtos diversos. Eles fugiram com o veículo, a carga e documentos da vítima.

Sumaré

Um motorista de 46 anos foi dopado durante um assalto, anteontem, em Sumaré. Segundo a polícia, a vítima não soube relatar como ocorreu, mas disse que só se lembra que tinha acabado de fazer uma descarga de carga de açúcar e depois apagou. O fato ocorreu perto do horário de almoço. Quando acordou não achou o caminhão trator. A vítima foi socorrida na UPA Macarenko, sem risco de morte. O caminhão não foi achado.

Uma assistente social de 54 anos sofreu sequestro-relâmpago anteontem à noite em Americana. Ela estava em um FIT e foi atacada por três bandidos, sendo uma mulher, quando desembarcava do carro. A vítima tentou correr a pé dos bandidos, mas foi alcançada e teve os olhos vendados. Os bandidos pegaram cartão e senha e passaram em ao menos cinco agências bancárias. Ela foi deixada cerca de 3h depois no bairro Jardim São Jerônimo, em Sumaré, com o carro. Ninguém foi preso.

Uma vendedora de 24 anos e o filho dela de três anos ficaram sob a mira de um revólver durante um assalto a uma loja de artigos religiosos, anteontem à noite, em Sumaré. Os bandidos fugiram com celulares e cerca de R$ 1,4 mil. O assalto foi perto do horário do fechamento da loja. Dois bandidos armados chegaram a pé e renderam a moça e o pai que trabalham no local. A criança estava com ela. Para obrigar o homem entregar o dinheiro do movimento do dia, os bandidos colocaram a arma na cabeça da moça e do menino. Ninguém ficou ferido.

Jundiaí

Um rapaz de 27 anos levou um tiro na perna quando manuseava um revólver, ontem de madrugada, no bairro Terra Nova, em Jundiaí. A vítima foi socorrida ao Hospital Sobam onde segue internada sem risco de vida. Segundo a polícia, o jovem estava na companhia de dois colegas e o carro era dirigido pelo comerciante V.J.M.A., 30 anos, que foi preso em flagrante por porte ilegal de arma. A arma estava escondida dentro do carro e o rapaz a achou. Apesar da arma ter nota, o comerciante não tinha porte.

Escrito por:

Alenita de Jesus