Publicado 03 de Julho de 2015 - 16h04

Por Renata Pioli

Da Agência Anhanguera

Principal símbolo dos Jogos Olímpicos, a Tocha Olímpica vai percorrer cerca de 300 cidades brasileiras, entre elas todas as capitais estaduais, até agosto de 2016, quando chegará ao Rio de Janeiro para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos. E Campinas será um dos municípios brasileiros que integrará a Rota do Revezamento. A jornada da tocha começa em maio de 2016, na Grécia, onde será acesa em Olímpia, cidade-berço das Olimpíadas. Depois, viaja uma semana por cidades gregas até chegar à capital Atenas. De lá, a tocha segue direto para o Brasil num avião.

Durante a rota do revezamento no Brasil, a tocha será carregada por cerca de 12 mil condutores, movendo-se por 19,7 mil km de rota terrestre e 8,8 mil km de rota aérea, em até quatro cidades por dia.

Foram escolhidos, inicialmente, 82 municípios do Brasil onde a Tocha Olímpica deverá pernoitar e Campinas está na lista. Além de fazer parte da Rota, cada um desses municípios vai receber um grande evento, que inclui show musical nacional e outras atrações.

“Campinas merece essa deferência de receber a Tocha Olímpica. A cidade já revelou diversos atletas que defenderam o Brasil em Jogos Olímpicos. Um deles, que nos enche de orgulho, é Maurício Lima, bicampeão olímpico com a seleção brasileira de vôlei. Além de ter sido um atleta exemplar, Maurício hoje se envolve em causas sociais em Campinas, ajudando muito o poder público em sua cidade natal. Por meio dele, cumprimento todos os outros campineiros que já participaram da maior competição esportiva do planeta”, disse o prefeito de Campinas, Jonas Donizette.

A data e o percurso detalhado da passagem da Tocha Olímpica em Campinas ainda serão confirmados, segundo a diretora executiva do Comitê Campinas Pró Olimpíadas e diretora municipal de Turismo, Alexandra Caprioli. “Receber a chama Olímpica em Campinas é como receber um pedaço dos Jogos Olímpicos. Nossa cidade irá celebrar esse símbolo tão tradicional e festejar as histórias exemplares dos nossos cidadãos que conduzirão a Tocha. Com isso, mostraremos mais uma parte do Brasil para o mundo e abasteceremos a chama com o calor do nosso povo”, disse ela.

O Revezamento da Tocha Olímpica se encerrará no dia 5 de agosto de 2016, quando o último condutor acenderá a Pira Olímpica durante a cerimônia de abertura dos Jogos, no Estádio do Maracanã.

Ao longo dos próximos dois meses, o Comitê Organizador dos Jogos e os Patrocinadores Oficiais do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, Coca-Cola, Nissan e Bradesco, anunciarão suas campanhas públicas para selecionar em todo o Brasil aqueles que terão o privilégio de conduzir a Chama Olímpica.

Escrito por:

Renata Pioli