Publicado 01 de Julho de 2015 - 17h48

Por Delminda Aparecida Medeiros

O Melhor do Ceguinho no Amil

O humorista Geraldo Magela celebra 25 anos de carreira e para comemorar faz um mergulho em sua produção no espetáculo O Melhor do Ceguinho, que estreia hoje no Teatro Amil, para temporada com sessões às sextas, à meia noite. “A peça faz uma retrospectiva com meus melhores textos ao longo de 25 anos, mas também traz surpresas e novidades”, afirma Magela. Com um afiado humor e agilidade de raciocínio, apresenta uma divertida análise da cultura brasileira e de situações do cotidiano que geralmente passam despercebidas pelas pessoas. Popularmente conhecido por Ceguinho, o humorista também apresenta situações engraçadas vividas por quem é cego.

“Um stand up sempre fala do dia a dia de todo mundo, das situações pitorescas. No final das contas, as pessoas acabam rindo delas mesmas”, diz. “Para ser irreverente não precisa ser indecente. No meu espetáculo não há texto apelativo ou situação constrangedora”, explica.

Magela, na infância foi vendedor de picolé, de refresco, de bolinho e carregador de feira. Quando adulto fez como a maioria dos deficientes visuais: vendeu loteria, mas nunca um prêmio. Também fez locução em lojas de varejo, anunciando os produtos escondidos e fazendo imitações de personagens famosos, como se eles estivessem lá. Sua carreira artística começou no rádio em meados dos anos 1980, quando ganhou um concurso promovido pelo programa de Aldair Pinto, que lhe pediu para fazer algumas imitações. A partir dai, ganhou um programa solo. (Delma Medeiros/Da Agência Anhanguera)

Agende-se

O quê: O Melhor do Ceguinho

Quando: Até 31/7, sextas, à meia noite

Onde: Teatro Amil do Parque D. Pedro Shopping (Av. Guilherme Campos, 500, Santa Genebra, fone: 3756-9890)

Quanto: R$40,00

Escrito por:

Delminda Aparecida Medeiros