Publicado 14 de Julho de 2015 - 19h57

Por Agência Estado

Rogério Ceni e Luis Fabiano estiveram no lançamento do novo programa do sócio-torcedor do Tricolor do Morumbi

Rubens Chiri/saopaulofc.net

Rogério Ceni e Luis Fabiano estiveram no lançamento do novo programa do sócio-torcedor do Tricolor do Morumbi

O São Paulo lançou, nesta terça-feira (14), o novo programa de sócio-torcedor do clube e apresentou metas ambiciosas. A diretoria quer dobrar o número de participantes até o fim do ano quando o objetivo é chegar até 110 mil, além de atingir um faturamento bruto de até R$ 40 milhões por ano com o projeto, que foi reformulado e possui oito opções de planos entre R$ 12 e R$ 489.

Pioneiro na fidelização dos torcedores, ao lançar o projeto em 1999, o São Paulo admitia ter sido ultrapassado por rivais. "O programa de sócio-torcedor do São Paulo deixava a desejar, reconheço que precisava mais do que uma reciclagem, mas partir do zero para recriar o projeto", explicou o presidente do clube, Carlos Miguel Aidar. Para preparar o lançamento, o departamento de marketing estudou os pontos positivos dos projetos de equipes como Corinthians, Palmeiras e Inter até formular a proposta final.

O lançamento foi em evento no CT da Barra Funda com a presença dos ex-jogadores Cafu, Careca, Zetti, Pintado, fora os atuais integrantes do elenco Rogério Ceni e Luis Fabiano. Todos ganharam o plano mais caro, de R$ 489, que prevê como comodidade um bufê para jogos da equipe no Morumbi e a possibilidade de pagar apenas R$ 1 pelos ingressos.

O clube tem atualmente 55 mil sócios e ocupava a oitava posição no ranking nacional. "O programa de sócio-torcedor é mais importante do que o patrocínio master, porque a gente não depende de ninguém, só do torcedor. Estamos entre as três maiores torcidas do País e não podemos ficar abaixo disso no ranking do sócio-torcedor", comentou o vice-presidente de comunicações e marketing, Douglas Schwartzmann, um dos responsáveis pelo novo projeto.

A diretoria preparou um plano específico para torcedores que moram em outros estados e diz contar com aproximadamente 18 milhões de são-paulinos pelo País. Foram criados cinco novas opções de planos, que se somam às três existentes anteriormente. Todas oferecem um clube de vantagens, com descontos válidos em lojas online conveniadas, como restaurantes e serviços de lazer.

O valor dessas compras na rede cadastrada será convertido em Moedas Tricolores, que poderão ser trocadas por milhas aéreas, ingressos de cinema, crédito em combustível, experiências para o sócio ou ainda pagar contas no estádio. O clube vai dar prioridade aos sócios que mais frequentam o Morumbi. A cada dois jogos consecutivos, o torcedor recebe uma estrela e quando deixa de ir a algum jogo, perde um estrela. Quem tiver a pontuação, máxima por exemplo, poderá comprar as entradas com 84 horas de antecedência em comparação ao torcedor comum.

Escrito por:

Agência Estado