Publicado 16 de Julho de 2015 - 10h06

Por Agência Estado

Vila Belmiro pode receber apenas torcedores santistas no clássico contra o São Paulo

Divulgação

Vila Belmiro pode receber apenas torcedores santistas no clássico contra o São Paulo

O Santos não conseguiu autorização da Polícia Militar para transferir a partida contra o Joinville para o estádio do Pacaembu, em São Paulo. Com isso, o duelo, marcado para o próximo dia 26, um domingo, às 11 horas, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro, será disputado na Vila Belmiro como prevê a tabela original.

A direção do Santos solicitou a alteração para conseguir uma renda maior e minimizar a crise financeira em que se encontra - os salários de jogadores e funcionários estão atrasados há dois meses.

O problema é que São Paulo e Cruzeiro se enfrentam no estádio do Morumbi no mesmo dia, às 16 horas. E para evitar eventuais confrontos entre torcedores do clube tricolor e do Santos, a Polícia Militar não autorizou a realização de dois jogos na cidade de São Paulo no mesmo dia.

Mesmo com a negativa da Polícia Militar, o Santos tenta negociar alguns mandos do Brasileirão com empresários para atuar nas arenas construídas para a Copa do Mundo de 2014. O objetivo é o mesmo: conseguir rendas maiores.

Em casa, o Santos tem apenas a 16.ª melhor média de público do Brasileirão. Uma das possibilidades estudadas pela diretoria é que as duas partidas contra o Flamengo sejam disputadas longe do estádio do Maracanã, no Rio, e da Vila Belmiro.

Escrito por:

Agência Estado