Publicado 07 de Julho de 2015 - 9h01

Por Agência Estado

Marcelo Fernandes relacionou os jogadores para a partida contra o XV de Piracicaba

Divulgação

Marcelo Fernandes relacionou os jogadores para a partida contra o XV de Piracicaba

O presidente do Santos, Modesto Roma Junior, se reuniu nesta segunda-feira à noite na Vila Belmiro com o Comitê de Gestão do clube para escolher o nome do novo técnico do time. Após o encontro, que terminou depois das 2h30 desta terça, os presentes não falaram publicamente o que foi decidido, mas o clube trabalha com as opções de Doriva, Dorival Junior e Alexandre Gallo para substituir Marcelo Fernandes.

A campanha ruim no Campeonato Brasileiro, com a 17ª posição e presença na zona de rebaixamento, fez o Santos novamente discutir o sucesso do atual técnico, que está no cargo desde março, quando Enderson Moreira deixou o cargo. Na primeira ocasião em que a troca foi cogitada, o presidente optou por Oswaldo de Oliveira, nome que acabou vetado em votação do Comitê de Gestão.

Nessa nova tentativa, o clube também quer um novo técnico para fazer a equipe reagir no Brasileirão e a contratação faria com que Marcelo Fernandes voltasse o cargo de auxiliar. O atual comandante foi campeão paulista e conhece bem o elenco, porém os resultados têm sido ruins, como a sequência de três derrotas, a últimas delas para o Grêmio, no último domingo, na Vila Belmiro.

Dos três candidatos a substituto, dois já passaram pelo clube. Alexandre Gallo, demitido recentemente das categorias de base da seleção brasileira, atuou como volante do time na década de 1990. Dorival Junior treinou o time em 2010, quando foi campeão paulista e da Copa do Brasil. A última equipe que dirigiu foi o Palmeiras, no ano passado. Já Doriva tem no currículo o título estadual pelo Ituano na última temporada, seguido pela conquista do Campeonato Carioca em 2015 pelo Vasco, o seu último trabalho.

Escrito por:

Agência Estado