Publicado 07 de Julho de 2015 - 17h46

Por Agência Estado

Recuperado de um edema na coxa esquerda, Valdivia  participou sem nenhuma limitação do treino tático desta quinta-feira (4)

Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Recuperado de um edema na coxa esquerda, Valdivia participou sem nenhuma limitação do treino tático desta quinta-feira (4)

O meia Valdivia foi a principal novidade do treinamento do Palmeiras na fria tarde desta terça-feira (7), na Academia de Futebol. Após conquistar a Copa América com a seleção chilena, o jogador se reapresentou e fez um trabalho físico, ainda sem saber exatamente o que será de seu futuro. Por outro lado, o meia Robinho, com dores musculares, não apareceu no gramado e deve ser desfalque na partida contra o Avaí, às 21 horas desta quarta-feira (8), no Allianz Parque.

Com contrato até o dia 17 de agosto com o Palmeiras, Valdivia tem um acordo verbal com o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, mas ainda não assinou contrato com os árabes. A expectativa é que, com seu retorno ao clube, ele se reúna com a diretoria palmeirense para definir se será liberado já ou se tentará uma remota possibilidade de conseguir renovar seu contrato.

Dois motivos praticamente inviabilizam a renovação do meia com o Palmeiras. A primeira é que ele não gostou da oferta feita pela diretoria, que propôs R$ 120 mil de salário fixo e mais R$ 60 mil por partidas em que for titular. Atualmente, o jogador recebe R$ 400 mil fixo. Outra questão é que o diretor de futebol Alexandre Mattos, não quer a permanência do jogador e conseguiu convencer o presidente Paulo Nobre que não valeria tentar um novo acordo com o atleta.

O Al Wahda chegou a anunciar durante a Copa América que havia acertado com Valdivia e que ele iria se apresentar após a competição continental. Porém, o atleta ainda precisa passar por exames médicos e assinar o contrato para o acordo ser oficializado. Já no lado do Palmeiras, como de praxe, a diretoria prefere não falar do assunto.

Nesta terça, Valdivia fez um rápido trabalho na academia e depois foi para o gramado, onde correu em torno do campo, debaixo de uma garoa fina. Sob os olhares até da imprensa chilena, que compareceu ao treino para ver sua reapresentação, ele não chegou a treinar com bola.

Já os reservas da partida contra a Ponte Preta fizeram um trabalho técnico no gramado, enquanto os titulares ficaram na academia. Entre eles, o meia Zé Roberto, que deve atuar diante do Avaí, já que Robinho está com um edema muscular e dificilmente terá condições de jogo.

Quanto a Valdivia, não existe a expectativa de quando e se ele vai ser relacionado para algum jogo. O Palmeiras deve encarar o Avaí com Fernando Prass; Lucas, Victor Ramos, Vitor Hugo e Egídio; Gabriel, Arouca, Zé Roberto, Dudu e Rafael Marques; Leandro Pereira.

Escrito por:

Agência Estado