Publicado 02 de Julho de 2015 - 18h19

Por Agência Estado

Leandro almeida durante sua apresentação no Verdão

Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Leandro almeida durante sua apresentação no Verdão

O Palmeiras apresentou, nesta quinta-feira (2), o zagueiro Leandro Almeida, 24º reforço para a temporada - levando-se em conta também o atacante Lucas Barrios. O defensor assinou contrato até junho de 2019 e chega com moral para ser titular, por conta de sua experiência, liderança e por já ter trabalhado com o técnico Marcelo Oliveira.

Almeida atuou sob o comando do treinador ainda na base do Atlético-MG. Foi Marcelo Oliveira que o promoveu ao time principal. "Com ele, subi para o profissional, fui titular, capitão e agradeço a confiança que ele tem em mim", disse o zagueiro de 28 anos.

Esse conhecimento anterior deve ser benéfico para o jogador. "Claro que ajuda. É um incentivo a mais, pois ele sabe do meu potencial. Tenho que respeitar meus companheiros que vem jogando bem, mas sei que minha oportunidade vai aparecer", comentou.

Logo após a vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, Marcelo Oliveira encheu a bola do zagueiro e deixou claro que deve, em breve, colocá-lo no time. "Ele tem uma combinação de qualidades boas para zagueiro. Ele tem técnica, força e cabeceio, além da experiência internacional. Pode ser importante e veio para ajudar o grupo. A dupla de zaga está jogando bem, temos que ser coerentes, mas quando ele entrar (no time), vai nos ajudar muito", projetou o comandante palmeirense.

Durante a negociação com o Palmeiras, Leandro Almeida entrou em contato com Dudu e Robinho para saber mais sobre o clube. "Eles me falaram da grandeza do clube. O Alex (ex-jogador) também elogiou bastante e falou da força da torcida. Espero honrar do início ao fim o meu contrato", disse o jogador, que vai vestir a camisa 44.

O zagueiro tem treinado fisicamente com os jogadores do Palmeiras há uma semana e espera ter condições de ficar, pelo menos, no banco de reservas para a partida contra a Ponte Preta, domingo (5), em Cuiabá. Entretanto, a chance maior é que ele fique à disposição na quarta-feira, dia 8, quando o alviverde enfrenta o Avaí, no Allianz Parque. O defensor ficou quase um mês sem treinamentos, durante a negociação para sair do Coritiba.

Leandro Almeida começou no Atlético-MG, onde ficou até 2009. Em seguida, foi para o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, onde permaneceu até 2013, quando foi para o Coritiba. Pela negociação, o Palmeiras pagará ao time paranaense algo em torno de R$ 3 milhões e existe ainda a possibilidade de emprestar alguns atletas. O goleiro Aranha e o atacante Leandro Pereira estão entre os cotados para serem emprestados.

Escrito por:

Agência Estado