Publicado 04 de Julho de 2015 - 11h03

Por Agência Estado

O piloto inglês foi crescendo no treino, assim como vem fazendo ao longo do fim de semana

Andrej Isakovic/AFP

O piloto inglês foi crescendo no treino, assim como vem fazendo ao longo do fim de semana

Após ser batido pelo alemão Nico Rosberg na sexta-feira, o inglês Lewis Hamilton deu o troco neste sábado. Correndo em casa no tradicional Circuito de Silverstone, o líder do campeonato foi o mais rápido no treino classificatório do GP da Inglaterra e garantiu sua oitava pole position em nove etapas da temporada 2015. O brasileiro Felipe Massa vai largar da terceira posição no grid.

Hamilton cravou o melhor tempo da classificação logo no início do Q3, a última sessão do treino, com 1min32s248. Rosberg se esforçou até os segundos finais, sem sucesso. O alemão havia levado a melhor sobre o companheiro de Mercedes nas duas sessões livres de sexta-feira. No entanto, foi superado no terceiro treino livre, no início do dia, e perdeu a disputa pela pole na sessão seguinte.

O piloto inglês foi crescendo no treino, assim como vem fazendo ao longo do fim de semana. Hamilton obteve apenas o quarto tempo no Q1. E foi o terceiro no Q2, sendo superado por Rosberg nas duas sessões. No entanto, cresceu na hora certa e buscou mais uma pole na temporada.

Com o resultado, desbancou Vettel na lista dos pilotos com maior número de poles na história da F1. Hamilton ocupa agora o terceiro lugar geral, com 46, enquanto o alemão tem 45. O inglês só está atrás do recordista Michael Schumacher, dono de 68 poles e do brasileiro Ayrton Senna, que registrou 65.

Fora da briga entre os pilotos da Mercedes, Felipe Massa obteve bom resultado ao garantir o terceiro lugar no grid. O brasileiro esteve entre os dez primeiros em todas as sessões da classificação e exibiu bom rendimento no Q3 para desbancar os carros da Ferrari e o companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas, quarto do grid.

Com o desempenho de Massa e Bottas, a Williams deixou para trás os dois carros da Ferrari. Kimi Raikkonen, que liderou o Q1, foi o quinto colocado, logo à frente de Vettel, que largará do sexto posto.

A Red Bull, novamente, não conseguiu acompanhar o ritmo da Ferrari e da Williams. O russo Daniil Kvyat obteve o sétimo tempo, enquanto o australiano Daniel Ricciardo foi o décimo. Entre eles ficaram o espanhol Carlos Sainz Jr, da Toro Rosso, e o alemão Nico Hülkenberg, da Force India.

Felipe Nasr ficou aquém do esperado em Silverstone. Obteve apenas o 16º lugar no grid, sendo eliminado logo na primeira sessão do treino. Ele teve a companhia dos dois pilotos da McLaren. O espanhol Fernando Alonso vai largar do 17º posto e o inglês Jenson Button sairá do 18º.

A largada do GP da Inglaterra está marcada para as 9 horas deste domingo (horário de Brasília).

Confira o grid de largada do GP da Inglaterra:

1º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1min32s248

2º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), 1min32s361

3º - Felipe Massa (BRA/Williams), 1min33s085

4º - Valtteri Bottas (FIN/Williams), 1min33s149

5º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min33s379

6º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), 1min33s547

7º - Daniil Kvyat (RUS/Red Bull), 1min33s636

8º - Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), 1min33s649

9º - Nico Hülkenberg (ALE/Force India), 1min33s673

10º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), 1min33s943

---------------------------------------------------

11º - Sergio Pérez (MEX/Force India), 1min34s268

12º - Romain Grosjean (FRA/Lotus), 1min34s289

13º - Max Verstappen (HOL/Toro Rosso), 1min34s502

14º - Pastor Maldonado (VEN/Lotus), 1min34s511

15º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), 1min34s868

---------------------------------------------------

16º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), 1min34s888

17º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), 1min34s959

18º - Jenson Button (ING/McLaren), 1min35s207

19º - Will Stevens (ING/Marussia), 1min37s364

20º - Roberto Merhi (ESP/Marussia), 1min39s377

Escrito por:

Agência Estado