Publicado 08 de Julho de 2015 - 15h12

Quem não precisa de uma dose de poesia para alegrar os dias?

Istock

Quem não precisa de uma dose de poesia para alegrar os dias?

Quem não gosta de uma boa dose de poesia para alegrar e adoçar os dias? O gênero foi o mais consumido entre os leitores da 13ª Flip (Festa Literária Internacional de Paraty), que acabou no último domingo (5).

De acordo com levantamento da Livraria da Travessa, a liderança ficou com "Jóquei", da poeta portuguesa Matilde Campilho, que vendeu 398 exemplares, no período de quarta-feira (1º) até domingo (5).

Veja a lista com os dez mais vendidos, de acordo com a livraria

1º - Jóquei - Matilde Campilho - ed. 34 - R$ 34 (152 págs.) - 336 cópias

2º - Box Poesias Completas - Mário de Andrade - ed. Nova Fronteira - R$ 90 (936 págs.) - 237 cópias

3º - Limiar - Sidarta Ribeiro - ed. Vieira & Lent - R$ 39 (254 págs.) - 230 cópias

4º - Amor e Matemática - Edward Frenkel - ed. Casa da Palavra - R$ 35 (368 págs.) - 195 cópias

5º - Brasil: Uma Biografia - Lilia M. Schwarcz e Heloisa M. Starling - ed. Companhia das Letras - R$ 60 (846 págs.) - 193 cópias

6º - Brilho do Bronze - Boris Fausto - ed. Cosac Naify - R$ 33 (240 págs.) 193 cópias

7º - Gomorra - Roberto Saviano - ed. Bertrand Brasil - R$ 45 (350 págs.) - 188 cópias

8º - A Ilusão da Alma - Eduardo Giannetti - ed. Companhia das Letras - R$ 42 (256 págs.) - 172 cópias

9º - Agora Aqui Ninguém Precisa de Si - Arnaldo Antunes - ed. Companhia das Letras - R$ 28 (152 págs.) - 165 cópias

10º - Sonhos em Tempo de Guerra - Ngugi Wa Thiong'o - ed. Biblioteca Azul - R$ 45 (272 págs.) - 149 cópias