Publicado 04 de Julho de 2015 - 15h04

Por Mariane Mirandola

Thiago Uchôa

Reprodução / Facebook

Thiago Uchôa

Thiago Uchôa

Thiago Uchôa, 20 anos. Quando criança, ainda com corpo de menina, aprendeu a rezar e pedia apenas para ser um menino normal. Afirma que sempre soube que não era uma menina. Para ele, as pessoas o viam de uma forma errada, mas só assumiu essa relação com o corpo e iniciou a transição aos 17 anos.

O começo, segundo ele, foi difícil. A família demorou um pouco para entender a situação. Alguns, do se diziam amigos, sumiram e o medo de não ser aceito pela sociedade também predminava.

Veja também: População transgênera ainda sofre com preconceito e discriminação da sociedade.

"O medo de não ser aceito ainda durou um bom tempo, mas, depois que entendi, a sensação foi bem de paz comigo mesmo, de finalmente me encontrar", revela.

Como uma forma de encarar a sociedade, o estudante deu a cara ao mundo, transcreveu sua luta em um poema e atualmente o seu vídeo, gravado em Salvador - onde mora, tem mais de 40 mil visualizações no facebook. Assista: 

 

Transcender, um poema que fiz contando um pouco da minha vivência como um homem trans.

Posted by Thiago Uchôa on Sábado, 21 de março de 2015
Veja também

 

Escrito por:

Mariane Mirandola