Publicado 05 de Julho de 2015 - 8h00

festival

Divulgação

festival

festival

Há expectativa pela sétima edição do Festival Gastronômico de Campinas e Região, por algumas razões. O evento ganha com a participação de chefs estrangeiros convidados, caso do peruano Angelo Ortiz Gutiérrez, professor da Le Cordon Bleu Peru. E, uma vez aberto, no próximo dia 12, com a terceira edição do Chefs na Praça, na mesma Carlos Gomes, se amplia às discussões sobre tendências na segunda edição do Fórum Gastronômico, no campus Cambuí da Universidade São Francisco (USF). A programação inclui atividades paralelas e complementares, caso do oitavo Campinas Café Festival e do 4o Encontro de Vinhos. Tem um tantão de coisa. Então, programe-se para, até 16 de agosto, absorver, em menus e encontros, a diversidade gastronômica da América Latina, tema deste ano. A iniciativa é do Campinas e Região Convention & Visitors Bureau (CRCVB) e tem apoio da Prefeitura de Campinas.

Ao longo desta semana, novidades ainda devem ser anunciadas e ajustes, feitos. A lógica de ofertar menus completos (entrada, prato principal e sobremesa) por um valor fixo (R$ 54,90) permanece. Aderiram a ela 36 restaurantes, 20% a mais em relação a 2014. “O festival ganha força a cada ano, atraindo novos parceiros e abrindo novas possibilidades, sempre com os objetivos de promover a gastronomia, movimentar a economia local, incentivar o turismo e facilitar o acesso das pessoas ao que há de melhor na região em termos gastronômicos”, afirma o presidente do CRCVB, Gilson Gomes de Oliveira.

festival

O Chefs na Praça, que no ano passado atraiu mais de 25 mil pessoas, abre a programação no próximo domingo, às vésperas do aniversário da cidade, comemorado no dia 14. O formato não se altera: basta escolher o prato numa das 35 operações e comer sem firula. Os preços irão variar de R$ 5 a R$ 20. Vale levar um lençol para se acomodar na praça e lembrar de recolher o lixo produzido.

“Voltamos a apostar na ocupação desse espaço público, espécie de marco zero da gastronomia de Campinas. A atmosfera do evento faz tanto sentido que há outras cidades pedindo edições do Chefs na Praça. Artistas como Bruna Volpi e Velha Arte do Samba estão confirmados e se revezarão nas apresentações (no coreto) ao longo do dia”, pontua o diretor de Gastronomia do CRCVB, Carlos Américo Louredo. Como em edições anteriores, parte da renda será revertida à Fundação Eufraten.

Para minimizar as filas, o layout foi otimizado e haverá quatro pontos de venda de bebidas. “Caberá a cada participante receber o dinheiro em sua tenda. Teremos vinhos ideais à harmonização dos pratos e cervejas”, esclarece Louredo. Entre as brejas gourmet, chopes de diversos estilos da Baden Baden (patrocinadora do evento) e outras. Cartões de débito devem ser aceitos, mas leve dinheiro em espécie. Também haverá uma tenda dedicada a aulas show com chefs convidados, caso de Gutiérrez, atividade que se repetirá ao longo do festival em restôs participantes e instituições parceiras.

Foto: Divulgação

Adoçam os paladares sobremesas espertas como o Pudim Criollo (Maria Zabbé)

Adoçam os paladares sobremesas espertas como o Pudim Criollo (Maria Zabbé)

 

Ah, os menus...

Se, na edição passada, os chefs foram desafiados a criar menus inspirados em artistas da região, tema complexo, desta vez terão de aplicar ingredientes e revisitar receitas da América Latina, uma proposta mais tranquila, convenhamos. Cada endereço empunhou a bandeira de pelo menos um país para fazer a defesa do repertório em três tempos. “É um tema bastante pertinente. Já destacamos várias cozinhas noutras edições e cremos que a culinária latinoamericana é rica, diversa e dinâmica”, situa Louredo. Pinçamos alguns pratos que se destacam entre a oferta de ao menos 108 criações. A relação completa estará disponível no site do CRCVB (http://visitecampinas.com.br).

Foto: Divulgação

Cuba aparece conjugada no Bar do Marcelino (leitão à pururuca, arroz congri e molho de pimentão assado)...

Cuba aparece conjugada no Bar do Marcelino (leitão à pururuca, arroz congri e molho de pimentão assado)...

 

Foto: Divulgação

...no Cayena (sanduíche cubano, com pão de ovos doce, pernil assado, queijo suíço, presunto royale, mostarda dijon e picles...

...no Cayena (sanduíche cubano, com pão de ovos doce, pernil assado, queijo suíço, presunto royale, mostarda dijon e picles...

Foto: Divulgação

...e no Quiota (cordeiro com camarões e salsa cubana)

...e no Quiota (cordeiro com camarões e salsa cubana)

O QUE VAI QUERER?

Operações previstas para o Chefs na Praça

Bar Dona Flor, Bar do Marcelino, Bar do Nicola, Bar Pessoa, Bellini Ristorante, Big Jack, Black Sheep Gastronomia, Bonelli Restaurante, Buffet Antonello, Campinas Café Festival, Cayena Bistrô, Don Manoel, El Tambo, Encontro de Vinhos, Esquinica Tapas, Fogão Mineiro, Green House Gourmet Restaurante, Instituto Franco-Brasileiro de Gastronomia, Joe & Leo’s, Kaizen Japanese Food, La Salamandra, Madame Formiga, Matisse, Makis Place, Munay Cevicheria e Tartar, Nosotros, Original Cheesecake, Outback Steakhouse, Prime Italian, Quiota, Tradicional Bolos, Tenda do Padre, Tonico’s, Vila Paraíso e Velho Valentim.

Foto: Divulgação

O Bar do Nicola elegeu Venezuela e Argentina para criar o assado negro venezuelano com filé-mignon e purê de abóbora

O Bar do Nicola elegeu Venezuela e Argentina para criar o assado negro venezuelano com filé-mignon e purê de abóbora

Anote aí!

7o Festival Gastronômico de

Campinas e Região

De 12 de julho a 16 de agosto

Em 36 restaurantes participantes: Bar Brejas, Bar Dona Flor, Bar do Marcelino, Bar do Nicola, Bellini Ristorante, Black Sheep Gastronomia, Bonelli Restaurante, Cantina Fellini, Cayena Bistrô, Don Manoel, El Tambo Bar e Restaurante (Cambuí), Esquinica Tapas, Estação Marupiara, Forneria San Pietro, Green House Gourmet Restaurante, Idalvo’s, Joe & Leo’s, Kaizen Japanese Food, L’Alouette, La Palette, La Pasta Gialla, La Salamandra, Maria Zabbé Restaurante e Bar, Matisse, Mestrino Ristorante, Mousse Cake, Munay Cevicheria e Tartar, Restaurante Nosotros, Olivetto Restaurante e Enoteca, O Maestro Restaurante, Outback Steakhouse (nas três unidades de Campinas), Prime Italian, Quiota Cozinha Contemporânea, SeoRosa (Cambuí), Velho Valentim e Vila Paraíso.

Menus especiais: R$ 54,90 (entrada, prato principal e sobremesa)

Saiba mais: http://visitecampinas.com.br

Foto: Divulgação

Já no La Palette, Daniel Valay deixou o conforto de seus clássicos franceses para honrar o Brasil em propostas como o lombo de dourada e couve com mandioca cremosa e pirão de ora-pro-nobis

Já no La Palette, Daniel Valay deixou o conforto de seus clássicos franceses para honrar o Brasil em propostas como o lombo de dourada e couve com mandioca cremosa e pirão de ora-pro-nobis

Pra não perder nada

Atividades paralelas do 7o Festival Gastronômico de Campinas e Região

FÓRUM GASTRONÔMICO

A programação da segunda edição do Fórum Gastronômico não estava completamente definida até o fechamento desta edição. Porém, entre os temas a serem abordados por cozinheiros, professores de gastronomia e formadores de opinião estavam confirmados gastronomia sustentável, produtos orgânicos, comida de rua e food trucks e as Plantas Alimentícias Não Convencionais (Panc). Dias 12 e 13 de agosto, serão realizados oito painéis de discussão. “Os temas escolhidos abrangem as principais tendências e o cenário da gastronomia na América Latina. A realização do evento também é a chance de enriquecer o aprendizado dos estudantes da USF, que terão contato com representantes de restaurantes”, afirmou a coordenadora do curso de gastronomia da instituição, Andreia Pimentel. As incrições gratuitas e limitadas (120 por painel, sendo 60 vagas reservadas a alunos da USF) poderão ser feitas por meio do site do CRCVB. A instituição ainda promoverá um concurso de receitas entre cozinheiros amadores e acolherá um encontro voltado a chefs profissionais. A USF fica na Rua Coronel Silva Telles, 700, Cambuí. Saiba mais em www.usf.edu.br.

CAMPINAS CAFÉ FESTIVAL

A oitava edição do evento, promovido pelo Instituto Jerusalém do Brasil, prevê uma série de atividades, a começar pelas aulas show, no Chefs na Praça, sobre o preparo de esfirras libanesas, geleia rústica de banana e calda árabe de café. Quitutes também estarão à venda. “O café tem possibilidades gastronômicas infinitas, mas muitos desconhecem o potencial em relação aos salgados”, destaca o professor Ali El-Khatib, superintendente do Instituto Jerusalém do Brasil e coordenador do Campinas Café Festival. O passeio temático a bordo da Maria Fumaça, entre as estações Carlos Gomes e Jaguariúna, está programado para 16 de agosto. Saiba mais na fanpage do Campinas Café Festival.

ENCONTRO DE VINHOS

No dia 25 de julho, o Expo Dom Pedro (Parque D. Pedro Shopping) acolhe a quarta edição do Encontro de Vinhos. Motes: unir vinho, gastronomia e cultura; provar uma leva de vinhos durante todo o dia; e conversar com expositores, produtores brasileiros e sommeliers. Os ingressos estão à venda por R$ 80 no site www.encontrodevinhos.com.br.

FIESTA PERUANA

Também no dia 25 de julho, a partir das 12h, acontece a 12a Festa da Casa da Cultura Peruana de Campinas, que marca as comemorações do 194o aniversário da independência do Peru. Organizado pela comunidade peruana da cidade, o evento será realizado na Paróquia Sant’Ana (Rua Sebastião Bonomi, s/nº, Vila Santa Isabel, Barão Geraldo). Haverá pratos típicos e apresentações culturais. A entrada é gratuita.

CAMPINAS FOOD TRUCK

Iniciativa da Associação de Gastronomia Sobre Rodas de Campinas e Região, em parceria com o CRCVB e a Prefeitura, o evento deve ter sua segunda edição em

1o e 2 de agosto, no Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim. Estão previstas 33 operações. A primeira edição foi realizada no dia 28/6, na Estação Cultura. A previsão é que o evento ganhe caráter itinerante e periódico (mensal) e, até o final do ano, torne a agregar cultura, artesanato e gastronomia noutros cinco pontos turísticos.

HOTÉIS

Um dos objetivos do festival é promover o turismo regional num período em que Campinas, importante destino de negócios, está desaquecida. Por isso, durante o evento, 21 hotéis de cidades da RMC trabalharão com tarifas especiais aos finais de semana.